Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Duplamente Ferida, Série Segredos Livro 2 de Nana Pauvolih @PlanetaLivrosBR

12/04/2019

A aguardada continuação da série Segredos “Theo era um homem visceral, emocional, intenso. Eu me enganei quando achei que poderia esconder tudo para sempre, criar um conto de fadas em cima de tanta mentira, como se meu amor fosse suficiente para desculpar tudo.” – Eva Theo Falcão é um homem que desde cedo se acostumou ao poder e ao controle, assumindo as responsabilidades sobre a família e os negócios, dedicando sua vida a eles.
Ao conhecer Eva, pela primeira vez descobriu o que era amar loucamente e, decidido, se casa com ela, sem saber que Eva tinha chegado ali movida por uma vingança do passado e por uma tragédia entre as suas famílias. Quando descobre quem Eva é de verdade, o mundo de Theo desaba. Traído e enganado, ele fará de tudo para recuperar o controle de sua vida e punir seus traidores, inclusive Eva. Mas Theo não esperava que ela tivesse desistido de tudo por ele e estivesse disposta a lutar por seu casamento. Poderá o amor redimir uma vingança perpetuada por anos?
Releitura de Abril  | 5⭐💜

***Esta é a continuação de Ferida e a resenha pode conter spoiler  ***

Começando de onde o primeiro livro parou, Eva, agora casada e prestes a dar à luz, não consegue curtir sua felicidade com a culpa e o medo de ser descoberta pairando sobre seu relacionamento. Assim que sua filha Helena nasce, Eva é ameaçada e, sem saída, tem que abrir o jogo para a família Falcão ganhando com isto o ódio do marido. Theo, apesar de se sentir traído e usado por Eva não consegue esquecê-la e mesmo tentando de tudo também não consegue traí-la. Preciso dizer o quanto eu amei esta cena em questão? 

E eu vi toda a verdade diante dos olhos, o tempo todo ali, a traição clara e transparente na forma daquela mulher que havia se tornado tudo para mim, meu mundo, meu amor, minha vida.
Não tem ela. – Falou com ira, acusadoramente e senti seu pau deslizar a ponto de entrar em mim, quente e duro, inchado, grosso. – Eu tentei, mas só pensava em vir aqui e entrar em você, sua desgraçada. Até nisso me destruiu.
Não conseguia aceitar aquela traição de Eva. E mesmo assim, dominado pela raiva e pela certeza de que nunca a perdoaria, eu pensava nela 24 horas por dia.

A pedido de Theo que não quer nem olhar para ela, Eva fica reclusa dentro do seu próprio quarto, cuidando da filha e recebendo todo o desprezo dele. Mesmo assim, ela não desiste e tenta usar de todas as armas que possui para reconquistá-lo. A família fica dividida entre aceitar os motivos de a Eva ter feito o que fez e obedecer às ordens de Theo, que não confia e não aceita nenhum argumento em favor dela.

Eu quero tudo que puder me dar, Theo. Um olhar, um toque, qualquer migalha para diminuir a falta que sinto de você.
Era uma fome que me devorava, uma necessidade premente não só de sexo, mas de Eva, enraizada em mim. Eu não podia falar, dizer como eu me sentia, dar a ela armas para usar contra mim. Eu guardava e amordaçava meu amor por que ele era perigoso e podia me matar, por que eu não devia estar ali com quem me traiu duramente, mas também não podia resistir.

Impossível não se emocionar com Theo lendo o diário que descobriu entre os pertences da Eva. Não conseguia segurar as lágrimas e senti uma pena terrível dela sendo criada daquela maneira depravada, sozinha, com duas malucas.

O que eu podia esperar? Foi condicionada desde cedo a pensar e agir como elas. A nos odiar e a querer tirar a mãe daquela vida, acreditando que tudo era culpa nossa.

A autora escreveu de um jeito que a situação acabou sendo revertida. Theo passou de vítima a vilão na mente dele e é por isso, e por todos os acontecimentos que se desenrolam, que ele consegue perdoar a traição da esposa e aceitar que ela é a única que ele ama e sempre vai amar.

Um romance tão intenso, tão emocionante, tão cheio de suspense, de detalhes, onde todas as pontas são amarradas, que qualquer coisa que eu falar aqui será pouco para descrever. Assim como o primeiro volume, esta história me conquistou desde o começo. Nos dois volumes da série eu amei e odiei o Theo na mesma medida até que ele enxergasse aqui o que realmente aconteceu para causar tanto ódio, tanta dor e desejo de vingança. Chorei e sofri muito pela Eva de agora e pela criança sem amor que ela foi. Este casal... Espetacular!

Eu a amava e não queria magoá-la. Era a mulher da minha vida, a mãe da minha filha, a minha coelhinha. E mesmo com a diferença de idade, sua traição, seu passado, Eva tinha me feito um homem melhor.

Entra em cena neste livro o Micah, a "ovelha negra" da família. Ele é o irmão desaparecido do Theo e chega para ajudá-lo em sua vingança contra os Amaro. Temos então um gostinho de como será o relacionamento dele com a Valentina ( leia a resenha de Seduzida ). As cenas finais de Duplamente Ferida são de arrepiar! Ultra mega recomendado!

Onde comprarSaraiva Amazon Conheça a Série


Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.

Meu Vício no Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts