Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Enquanto Houver Tempo de Paola Scott @TheGiftBoxBr

7.2.18

“Dizem que a vida inteira passa diante dos seus olhos quando você está morrendo. Porém, o que não dizem, é que a vida que não viveu também te atinge em cheio nesse momento. Dor... Medo... Arrependimento...”
Dante, um respeitável homem de negócios, é obrigado a dar uma pausa no ritmo frenético no qual vive. Por sugestão da irmã, viaja para um lugar com hábitos totalmente diferentes aos quais está acostumado. E quando o tédio e desânimo parecem abater esse workaholic, uma pessoa o fará repensar o modo de enxergar a vida. Gaia vive para a terra, para o cultivo das maçãs e para os seus animais de estimação.
Com a filosofia de viver cada dia como se fosse um novo presente da vida, essa mulher de expressão serena desperta o interesse no homem refinado, porém deslocado, que chega à região. De repente, ambos parecem se completar. Enquanto houver tempo, é possível mudar o rumo de duas vidas?
Leitura de Janeiro | 5⭐❤

“Dizem que a vida inteira passa diante dos seus olhos quando você está morrendo." Será mesmo gente que é isto que acontece? Tá aí uma coisa que não queremos descobrir não é? Então é melhor ler uma história onde possamos aprender a dar valor a certas coisas antes que seja tarde demais. 

Dante é um executivo da bolsa de valores que se afasta dos familiares e vive só para o trabalho sem nem sequer perceber. Enquanto as obrigações financeiras e os negócios estão todos em ordem, os compromissos que envolvem pessoas estão em suspenso. O lazer ficava em segundo plano e ele se achava livre, poderoso, infalível, tinha vários diplomas pendurados na parede, prêmios de reconhecimento e fluência em algumas línguas e tinha certeza que tinha tudo o que precisava... até sofrer um infarto aos trinta e sete anos.

Com este susto ele é forçado a tirar férias, coisa que nem sabe mais aproveitar depois de tanto tempo sem usar este direito e a sua irmã sugere a serra catarinense como um bom lugar para relaxar. É neste lugar calmo, tranquilo e cheio de paz que ele vai conhecer a Gaia. 

Há trinta anos Gaia vive no que é conhecido como a terra das maçãs e é muito feliz cultivando a fruta e cuidando dos seus cavalos. Dizer que a vida dela é o oposto da dele é um eufemismo. Ela é do tipo que aproveita um dia de cada vez, que valoriza cada sopro de vida que tem. Não pensem que ela não tem seus próprios problemas, que não faz ideia do que o Dante está passando neste momento da vida, ela tem sim a sua carga pesada para carregar e quando descobri do que se tratava a admirei mais ainda.

Gaia é uma mulher extraordinária e merecia muito viver um amor como este que vai crescendo aos poucos entre os dois. O primeiro beijo foi um espetáculo só para começar. Diferente das outros livros da Paola em que cena erótica é um ingrediente pra lá de especial, neste a sensualidade é bem mais discreta e ouso dizer que talvez por isto mesmo ele seja tão intenso. O que Gaia ensina para o Dante em tão pouco tempo juntos não tem preço.

Em uma determinada cena quem quase teve um infarto fui eu. Minha nossa! Eu vou te dizer, como leitor sofre nesta vida viu! Enquanto houver tempo abordou um tema pouco conhecido e foi além de um romance bem escrito, mostrou como uma informação muito importante deve ser repassada. Eu adorei os personagens secundários, me apaixonei pela playlist que na verdade já faz parte do meu dia a dia (a autora tem muito bom gosto neste quesito devo acrescentar) e também me encantei pelo cenário.

Dante se deixou contagiar pelos ares do campo e não foi só ele, eu como leitora fiquei morrendo de vontade de estar lá também, encarar o frio congelante para visitar o Morro da Igreja, um dos pontos turísticos mais belos de Santa Catarina. Os locais que o casal visitava inspiraram tanta serenidade e foram descritos de uma forma tão incrível que me levaram para aquele ambiente, foi esta sensação que eu tive ao virar as páginas. 

Ler um livro que ao mesmo tempo em que narra o amor verdadeiro nascendo de uma forma completamente fascinante, também deixa vários ensinamentos para se levar para a vida é o máximo. Lindo demais! Superou minhas expectativas! E olha que elas já estavam altas antes mesmo de começar a leitura. Por mais que eu já conheça a escrita e este é um dos motivos que me fazem devorar cada obra antes mesmo que ela esquente no meu Kindle, sempre bate aquele "medinho" básico de esperar demais da obra e quebrar a cara.

Felizmente isto não aconteceu e o mais surpreendente foi imaginar o Dante realmente como o seu avatar. Impossível não visualizar o Franggy Yanez nas descrições do personagem até porque, foi usada todas as características físicas dele na trama e nem faz muito tempo que fui no evento que rolou aqui em São Paulo e conheci o modelo da capa pessoalmente.

Uma surpresa em forma de grande lição de vida, este livro inteiro me ensinou muita coisa. Coisas que a gente já sabe na verdade, mas a correria da vida tende a nos fazer esquecer. São tantas mensagens maravilhosas e cenas comoventes que você nunca mais será a mesma pessoa, ou pensará do mesmo modo depois de ler. Nem posso falar muito sobre as emoções que esta história de amor me trouxe sem estragar nada para vocês, mas sei que quem já conhece o meu gosto literário não vai deixar esta leitura passar batida.
O tempo sempre será curto, se você pensar que está deixando para viver depois. Depois que eu me formar, que conseguir um bom emprego. Depois que comprar minha casa, que trocar o carro, que tiver filhos, que eles crescerem. E nessa espera para viver, se passaram quantos anos?
Mas a vida é assim. Por isso não devemos ficar esperando. Nunca se sabe qual será seu último dia aqui na Terra. Ou o último dia das pessoas que você ama. 
(...) você tem que encontrar o que te faz bem. — Talvez eu tenha encontrado, Gaia.
Porque estou gostando disso, Gaia. Saborear cada instante. — Que tal deixar o instante para depois e saborear a minha boca?
Nunca vi tanta vida numa só pessoa, Gaia. Corada, olhos brilhantes, um sorriso do tamanho do mundo. Você está propagando luz por todos os poros. Está simplesmente radiante.
O tempo que você quer pode não ter a mesma dimensão do tempo que você precisa. Mas sempre dá.
(...) eu aprendi com você, entre outras coisas, que minha vida é onde eu quiser estar e, principalmente, com quem eu quiser ficar. Aprendi recentemente a viver o hoje.
Você cruzou o meu caminho num momento decisivo e porque não dizer de transição. Eu precisava de um rumo na vida, e lá estava você me mostrando a direção. E era a do seu coração. De lá para cá, tudo mudou na minha vida. 
Você é perfeita pra mim, Gaia. E terei que agradecer o resto da vida, por ter me mostrado o que eu estava perdendo e o que não estava vivendo.
Não temos controle sobre o tempo, mas temos sobre o que podemos fazer com ele.

Onde comprarE-book Físico 

Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

submarino.com.br Seleção de Livros! Clique e confira. Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui americanas.com.br
Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts