Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | A Árvore dos Anjos de Lucinda Riley @EditoraArqueiro

21.9.17

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado.
Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória.
Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical... mas que esconde um lado sombrio.
Da aclamada autora da série As Sete Irmãs, A árvore dos anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo.

A narração já tem início com Greta aos 58 anos. Ela está com amnesia há mais de 20 anos depois que sofreu um grave acidente e só tem as lembranças recentes da sua vida. O seu melhor amigo David a leva para passar o natal no seu antigo lar. Mesmo que ela não se lembre de nada do lugar, ele acha que vai ajudá-la ficar perto da família e que tudo isto pode trazer suas lembranças de volta. Ele está certo. Depois de encontrar um túmulo na floresta sua memória começa a retornar e aí temos a narração da vida dela desde que ela tinha 18 anos, onde ela mentiu, se apaixonou e engravidou. Na época ela já conhecia David e ele nutria sentimentos por ela que não eram correspondidos, mas isto não o impediu de oferecer um lugar onde ela pudesse morar e criar a sua filha em paz, já que ela não tinha a quem recorrer. 

Greta cria Cheska sem maiores problemas até que aparece a oportunidade de Cheska ser uma atriz mirim e ganhar muito dinheiro. Greta não pensa no bem estar da menina, ela quer a fama e o que vem com tudo isto, mesmo que David e a mãe dele não concordem. Toda esta responsabilidade e cobrança desde cedo causam sérios danos psicológicos a Cheska que seguindo o exemplo da mãe, também engravida de Ava muito cedo. Devido a sua carreira em ascensão, Cheska deixa Ava aos cuidados da mãe de David e só volta a ver a filha anos depois quando precisa de dinheiro. Em um determinado momento na trama, todas estas mulheres vão ter as suas vidas viradas de cabeça para baixo por causa da doença mental de Cheska e no meio de tudo isto está o grande pacificador David para resolver todos os problemas. Parece confuso, mas eu fui tão envolvida durante a leitura que ela fluiu de uma maneira excelente.

Cada personagem teve um papel muito importante nesta história. São três gerações de mulheres que tem suas vidas alteradas de uma forma impressionante por causa dos erros da Greta (mãe) em primeiro lugar. Ela muitas vezes não agiu de forma correta e a sua ambição causou os transtornos mentais de Cheska (filha), que por sua vez, também alterou a vida da Ava (neta). Uma história familiar desastrosa, uma verdadeira montanha russa de emoções com elementos de suspense, mistério e claro, romance.

Este é o primeiro contato que eu tenho com uma obra da Lucinda. Queria muito conhecer a escrita da autora depois de ouvir tantos elogios e não me decepcionei. Assim que este livro chegou, pela quantidade de páginas eu confesso que fiquei com medo de perder meu tempo, mas, felizmente isto não aconteceu. Adoro estes enredos em que você pensa que está se encaminhando para algo e ele te surpreende a cada virada de página. Foi emocionante e não houve um minuto de tédio, apesar de eu ter demorado um pouco mais do que o normal para terminar de ler porque eram tantos detalhes complexos que algumas vezes eu tinha que parar a fim de absorvê-los.

A cada revelação inesperada eu ficava mais e mais cativada pela trama e pelos personagens e tenho que dizer: o David é um santo! Um exemplo de paciência infinita para esperar pelo amor da sua vida por quarenta anos e ainda aguentar tudo sem reclamar. Ainda não formei uma opinião sobre o fato da Greta merecer ou não tanta devoção da parte dele depois de ter tomado várias atitudes erradas durante a sua vida, no entanto, o final foi muito bonito. As grandes reviravoltas que aconteceram aqui mostraram que nossas escolhas podem ter consequências lamentáveis. Eu recomendo muito a leitura e já adicionei outros livros da Lucinda na minha lista.

Onde Comprar: Saraiva Amazon Cultura

Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts