Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Salva por um Cavalheiro, Trilogia As Irmãs Cynster Livro 2 de Stephanie Laurens @HarperCollinsBR

11.8.17

Londres, 1829. Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso.
Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino… Mais precisamente… Eliza Cynster!
Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

Fala sério que esta sinopse praticamente já contou a história toda né? O primeiro sequestro não deu certo e o nosso aristocrata misterioso parte para o plano B. Eliza é sequestrada mesmo com toda a segurança que a família colocou ao redor das filhas quando Heather foi a vitima, mas o tal aristocrata prova que é mais inteligente. Até que, passando pelo mesmo caminho onde acontece a fuga dos bandidos, mas em sentido contrário, está o nosso herói Jeremy que vai fazer de tudo para salvar a donzela da vez. Não há sinal do mandante deste sequestro até o final desta história, mas continuamos acompanhando o ponto de vista dele junto com o de Eliza e Jeremy sem entender exatamente o porque de toda esta saga: mandante do sequestro versus contratado para executar o plano que não aceita ter perdido a "mercadoria" versus donzela e cavalheiro.

Uma sensação de deja vu este livro causou gente!! Sabe quando você lê uma história em que parece que só muda o casal central? Os cenários, os perigos, o resgate, as cenas sensuais e a forma como Eliza se comporta são praticamente uma cópia do primeiro livro da trilogia. A diferença é que Jeremy não tem um título, ao contrário do primeiro mocinho que era um visconde. Em alguns casos eu até entendi o fato de Eliza imitar tanto a irmã mais velha porque depois de ouvir Heather narrar a sua aventura com o seu amado, Eliza queria experimentar algumas coisas e era como se até já tivesse uma experiência em lidar com o assunto. A força e a coragem tanto da Eliza como da Heather chamam a atenção nestas histórias e o modo como os seus salvadores são inteligentes e protetores ao extremo também. Confesso que eu só li este livro porque já sabia que o mistério se resolveria apenas no volume três e para entender melhor eu precisava dos detalhes do segundo sequestro mal sucedido.

As cenas finais da fuga são de tirar o fôlego e realmente deixaram uma pergunta no ar. O que mais gostei neste livro em relação ao primeiro é que Eliza e seu cavalheiro não demoraram tanto a admitir seus sentimentos e resolverem logo as coisas. Heather e o Visconde fizeram aquele drama básico. Porém, se para o primeiro eu dei quatro estrelas porque a escrita e o enredo eram novidades para mim, este segundo volume mereceu apenas três porque eu literalmente quase dormi. A autora é muito descritiva e narrativa e os diálogos dos personagens são engolidos no meio disto. Mesmo assim, recomendo a leitura porque já li o último e vale a pena ler na ordem ou vocês não vão aproveitar quase nada da trama.



Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts