Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Codinome Lady V, Os Sedutores de Havisham Livro 1 de Lorraine Heath @EditoraGutenberg

14.8.17

Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação.
Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas. Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. Mesmo sem saber quem ela é, o duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes. Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é se casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes.
Você não está aqui para casar com ninguém. Nem precisa gostar do candidato. Só precisa verificar se ele tem qualidades físicas para ser um bom amante.
Minerva Dodger tem vinte e oito anos e está cansada dos pretendentes sem futuro que aparecem no seu caminho e que só estão interessados no seu dote imenso. Estas cenas no decorrer da história são hilárias. Todos querem uma esposa perfeita, como um objeto decorativo, que não tenha opiniões próprias e ela está bem longe de ser o que eles precisam. Ela quer ser feliz e conhecer o prazer que só um homem pode oferecer. Por isto, com a ajuda da cunhada ela consegue um convite para o clube de Nightingale, onde as mulheres podem encontrar um amante mantendo o anonimato por trás das máscaras. Achando que lá é o lugar perfeito para encontrar o que precisa, Minerva não pensa duas vezes e vai até lá, dando de cara com os olhos azuis do Duque de Ashebury.

Ela não queria exatamente um cavalheiro, mas ele age como um, deixando-a completamente fascinada. O mais interessante é que ele frequenta os mesmos círculos sociais que ela, os dois já se encontraram algumas vezes então Minerva sabe quem ele é, no entanto, por causa da máscara eles interagem diversas vezes depois do encontro no clube sem que ele saiba que ela é a mesma mulher que o seduziu. Não fica no escuro por muito tempo.
Isso não o assusta? Essa atração louca entre nós? – Não. Nós deveríamos festejá-la. Não é sempre assim. – Não é? Ashe levou as mãos ao rosto dela. – Para mim nunca foi tão intenso com nenhuma outra mulher. Case-se comigo, Minerva. Vamos ter isso toda noite.
Minerva ganhou o meu respeito logo no início da trama e como considero isto um fator muito importante em um romance já posso dizer a partir daí que esta obra vale cada segundo de investimento. Ela me lembrou muito a Callie de Nove Regras, que também desejava se casar por amor, mas como achava que isto nunca iria acontecer, estava disposta a experimentar as coisas boas da vida sem se comprometer. A diferença é que ao contrário de Callie que tinha muitas inseguranças quanto a sua beleza, Minerva não se importa com a opinião dos homens e os motivos que eles têm para achá-la desinteressante, não se considera uma beldade, mas também não é de se jogar fora e, contanto que ela permaneça verdadeira consigo mesma. tá tudo certo. Esta é das minhas!
(..) droga, ele a queria. Aquela teimosia, a disposição para ir atrás do que desejava, até mesmo sua crença no amor. Ele nunca tinha conhecido uma mulher tão complexa, complicada e fascinante. Uma vida com ela era garantia de que nunca ficaria entediado.
O que se destacou neste livro para mim foi a relação da Minerva com o pai que não cobrava dela um casamento, o que ele e a esposa queriam é que a sua filha fosse feliz e a gente não costuma ver muito isto nos romances de época né? O Ashe não age de maneira honrada quando desconfia de quem se trata a mulher mascarada, precisa conquistá-la e se casar com ela, mas não pelos motivos que faz Minerva acreditar. O que move este desejo dele além do dote realmente surpreendeu e como sabemos o ponto de vista dele na trama ficou fácil perdoá-lo. Ainda mais porque o passado dele e seu trama são de partir o coração.
Seu plano envolvia a sedução dela, mas Ashe não conseguia deixar de sentir que era ele quem estava sendo seduzido. Cada vez que ele a via ficava um pouco mais encantado.
Eu amei as cenas quentes e românticas do casal. Juntos eles foram magníficos. Os diálogos são inteligentes e a interação de Minerva com os demais homens da sua família cativa e literalmente deixa o duque impressionado. É a primeira obra que eu leio desta autora e não fiquei decepcionada em nenhum momento. O final é tão lindo por causa desta relação da Minerva com o pai e também pelo modo como o Ashe prova seu amor por ela que este livro entrou para a lista de favoritos sem sombra de dúvidas. Ansiosa pelos próximos da série que narram os romances dos amigos de Ashe.

Onde Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts