Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Um Acordo de Cavalheiros - Lucy Vargas @BertrandBrasil

1.7.17

“Eu posso ser sua maior aventura e o melhor prazer da sua vida, mas não um erro. Não se arrependa de nada, Dot. Vai ser muito mais prazeroso.”
 Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente.
E até mata.
Não se envolva com ele. Não beba com ele. E jamais termine em sua cama.
Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não serve para dama alguma. Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é feito de intensidade. E ela já tem muitos desafios para vencer, casamentos para arranjar e uma vida para domar.
Como uma dama que resolveu ser dona do seu futuro acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry? Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos?
E lembre-se: Nunca faça acordos com o lorde mais diabólico de Londres. Ele sempre volta para cobrar.

Esta história começa com Tristan e Dorothy em uma situação pra lá de comprometedora depois de se conhecerem há dois dias. Ambos estão em uma evento de pré temporada, Dorothy acaba bebendo demais e fazendo confissões muito íntimas para este lorde conhecido como demoníaco, o terror de qualquer mocinha respeitável como ela. Passado o constrangimento inicial, eles percebem que se identificaram muito desde o primeiro instante e ao invés de odiá-lo pelo "incidente", Dorothy se sente cada vez mais atraída por este libertino, a ponto de aceitar o acordo que ele propõe dias depois: que ela seja a amante dele até o final da temporada.

"Vamos esquecer este incidente."
"Não nesta vida."

Dorothy não pretende se casar, a família inteira cobra isto dela até porque já passou da hora, mas ela prefere pensar em si mesma e na própria felicidade. Com vinte e seis anos, Dorothy mora com o tio e a prima Cecília, e como é a mais velha das duas, toma para si a responsabilidade de ajudar a prima a arrumar um bom pretendente nesta temporada sem que ela se meta em nenhum escândalo. Por isto ela tem que comparecer aos eventos mais badalados com este objetivo em mente, evitando qualquer contato com Tristan que parece estar em todos os lugares, ao mesmo tempo em que tem que inventar boas desculpas para a governanta e a prima pela sua ausência em algumas tardes para os seus encontros. A troca de bilhetes entre Tristan e Dorothy com direito a nomes falsos e tudo é muito divertida, assim como diversas cenas na trama são cheias de humor, o que já percebi ser a marca registrada da autora.

"Acabei de descobrir da pior maneira que tenho um sério problema com outros homens encostando em você. Sou tomado por uma fúria assassina que não me deixa pensar direito."

Aceitar a proposta de Tristan não é nenhum sacrifício para esta mulher que quer viver intensamente momentos de muita paixão que só um homem como ele poderia proporcionar. A história se passa na época da regência e é narrada em terceira pessoa, mostrando os pontos de vista do casal. As cenas de ação são de tirar o fôlego e me deixaram muito apreensiva. Temos de um lado um romance sensual e secreto e do outro uma investigação perigosa. Como agente da coroa, Tristan se arrisca em busca de vingança pela morte da tia e é esta vingança que vai trazer um grande dilema ao enredo. Tristan é um dos mocinhos mais apaixonantes que eu já li nos últimos tempos. É impossível ficar indiferente a este homem tão maravilhoso, honrado, corajoso, safado e sarcástico. Fora este nome inesquecível que ele tem né?

“Pessoas decentes devem ser muito chatas na cama, Dot.
Eu sou decente...
Não é mesmo.
Está me dizendo que sou indecente?
Pecadora...
(...) ele fazia parecer que pecadora era muito mais divertido que ser indecente.”

Era lindo ver como por causa dos seus sentimentos pela Dorothy ele se mostrava tão inseguro em várias ocasiões, ao passo que em missões de vida ou morte ele sequer piscava. Este é com certeza o melhor romance de época que eu li da Lucy até agora e creio que um dos motivos é a mistura perfeita dos gêneros erótico e de época, os que eu mais amo. Além de todo o mistério envolvido e que me fez devorar esta leitura tão rápido, aqui não temos apenas uma mocinha a frente do seu tempo, mas também um mocinho com os mesmos pensamentos, que se apaixona justamente por também pensar igual a amada e não ter intenção de podar a liberdade dela. Juntos eles foram magníficos porque ela também não queria mudá-lo em nada e o amava exatamente como ele era. Super quente, romântico, bem escrito, com diálogos espirituosos e protagonistas incríveis, esta leitura já está na lista de favoritos do ano.

Onde Comprar: Saraiva Cultura Amazon




1 comentários:

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer esta solicitação. Comentários deste tipo serão excluídos.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts