Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Amante Liberto, A Irmandade da Adaga Negra Livro 5 de J. R. Ward @univdoslivros

7.5.17


Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade...
Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos.
Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

Quem leu a resenha do livro anterior percebeu que teve uma questão entre Vishous e Butch que me incomodou, neste, a autora tenta resolver isto e quando a escolhida de Vishous entra em cena era o que eu mais torcia para que acontecesse. No entanto, ao passo que Jane, uma enfermeira que se vê obrigada a ter Vishous como paciente começa a conhecer todos estes irmãos e a atração entre ela e Vishous vem a tona, tudo até começa bem, mas conforme eles passavam mais tempo juntos mais eu tinha a sensação de que faltava algo ali, não senti que este casal teve a mesma química dos anteriores. 

Se por um lado o romance deixa a desejar, o drama do Vishous é de partir o coração. Quando ficamos sabendo mais sobre o seu passado, sobre as suas preferências sexuais e sobre os motivos para que ele aja de modo tão fechado, entendemos melhor o que o levou a se tornar o homem que ele é hoje. Cada personagem desta série surpreende por uma característica e com o Vishous não foi diferente.

Eu já tinha lido alguns comentários depreciativos sobre este volume e confesso que por causa disto passei a leitura inteira apreensiva. Quando o final chegou eu fiquei tão chocada com a maneira que a autora resolveu as coisas que mesmo que a leitura tenha sido concluída em janeiro eu estou até agora tentando dirigir o que eu achei de tudo aquilo. Talvez eu tenha uma visão melhor sobre tudo isto no desenrolar da série visto que todos os personagens continuam crescendo e aparecendo.

A revelação sobre a mãe do Vishous foi uma tremenda surpresa e vários acontecimentos já nos preparam para o que vem por aí nos próximos livros. Mesmo que alguns pontos não tenham me agradado muito, o fato é que a autora escreve de uma forma tão incrível que eu me vejo sem escolha a não ser me render e me envolver na trama do início ao fim. Estou ansiosa para conhecer o restante desta série tão fantástica, como pelo menos está sendo até agora.

Onde Comprar: Saraiva Amazon


Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts