Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Escândalo de Cetim, Série As Modistas Livro 2 de Loretta Chase @EditoraArqueiro

7.2.17


“Escândalo de cetim é uma divertida farsa que mistura inteligência efervescente, ritmo impecável e humor ininterrupto.” – Library Journal “Cada frase de Loretta Chase brilha com inteligência e charme.” – RT Book Reviews.
Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação. Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro. Em “Escândalo de cetim”, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.

“Ele precisava parar de pensar no delicioso e inquietante enigma que era Sophia Noirot...”
Quem já leu o primeiro livro da série, conhece os protagonistas deste romance. Harry é o melhor amigo do duque de Clevedon, e Sophy Noirot, a irmã de Marcelline. O casamento de Marcelline com o duque gerou diversos problemas com a loja de roupas que as três irmãs possuem e se não bastasse tudo isto, a mãe de Harry também as detesta. Clara, irmã de Harry e a cliente mais conceituada da loja se tornou uma grande amiga das Noirot e quando é obrigada a se comprometer com um Lorde asqueroso que está interessado apenas no dinheiro dela, decide tomar uma medida drástica para escapar deste casamento.
“Ela era uma moça complicada, e isso era o que a fazia tão interessante. Isso e a deliciosa boca, o cheiro e o corpo perfeito.”
É aí que a trama deste livro começa para valer. Enquanto a mãe de Harry quer que o casamento aconteça logo, Harry está a ponto de matar o tal pretendente de Clara por saber que ele é um cafajeste e vai contar com a ajuda de Sophy para descobrir o paradeiro da irmã depois que ela resolve fugir. Além de desejar a felicidade da amiga, se Clara se casar nunca mais poderá fazer compras na loja e Sophy e suas irmãs precisam manter Clara como cliente para evitar que a mesma vá a falência.
“Não se aflija por causa daqueles homens, milorde. Eu só tinha olhos para o senhor.
Pelo menos a senhorita tem bom gosto.”
A atração entre Harry e Sophy, que já era evidente em Sedução da Seda, aqui é elevada a máxima potência. Assim como no primeiro livro, a autora usou todo o seu talento e genialidade ao misturar os detalhes das criações destas costureiras talentosas de modo que era claro o quanto as roupas que Sophy usava faziam ficar Harry todo aceso perto dela, haha. Vocês podem ter uma noção disto com este trecho:
“A roupa extravagante de hoje era um vestido de viagem de cor cinza-rosada. Uma daquelas peças parecidas com uma capa, que as mulheres usavam na época, que espalhava-se sobre mangas inacreditavelmente bufantes. No pescoço, a tal capa trazia uma fita de renda branca, sob a qual havia uma fila de laços que desciam por toda a frente da capa, terminando em uma ponta abaixo da cintura – como se um homem precisasse de alguma seta explicativa. Os laços continuavam descendo pelos dois lados da saia, junto com um V invertido – sim, apontando para a mesma área. O chapéu de hoje trazia flores por toda a parte de baixo da aba, emoldurando seu rosto, além de mais flores que pareciam nascer na parte de trás. Fitas verdes estavam enfiadas por entre as flores. Um homem sentia vertigem só de olhar para esse chapéu. Longmore preferia Sophia nua, mas aquele traje era, por certo, agradável. Tendo diante de si a perspectiva de passar muito tempo procurando a irmã no Richmond Park, era mesmo necessário ter alguma coisa agradável para admirar.”
Assim como Marcelline, Sophy é uma heroína maravilhosa e inteligente. Além de dedicada ao trabalho no atelier, também tem talentos incríveis de atuação e disfarce que usou para salvar a loja de uma concorrente invejosa e desmascarar o pretendente de Clara. Isto tudo tornou esta trama muito engraçada. Eu particularmente gostei muito mais deste volume do que do anterior no sentido de que o romance do casal foi bem mais quente. Misturar romance de época com cenas mais sensuais com certeza me ganha na hora.
“Ela inspirou profundamente e seu colo subiu e desceu. O movimento dos laços tornava fácil para Longmore perceber quanto os seios subiam e desciam. Desfazer aqueles laços era, definitivamente, algo pelo que ansiar.”
Uma história espirituosa, romântica e fascinante onde um conde se apaixona e aprende a relaxar ao lado de uma mulher teimosa, diferente e divertida. Os dois são maravilhosos juntos, os diálogos são intrigantes e as cenas de amor envolventes. Loretta Chase sabe como prender a atenção do leitor e já estou ansiosa pelo próximo.


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer esta solicitação. Comentários deste tipo serão excluídos.

No instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts