Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

✓ Decepções Literárias 2016

19.1.17


Altas expectativas, todo mundo falando que o livro é maravilhoso e atiçando a sua curiosidade a ponto de fazer você até furar a fila para ler. Aí você vai lá, perde o seu tempo precioso com a obra e quebra a cara grandão. Quem nunca?  A grande maioria das vezes em que me frustro com a leitura é por levar em consideração a popularidade dela e por isso cada vez menos leio baseado neste fato. Dá até medo!
Eu fiz o post de melhores leituras que vocês conferem aqui, então nada mais justo que falar também das leituras que eu esperava mais. O verbo decepcionar vem do substantivo decepção, que pode ser uma mentira ou surpresa desagradável, uma desilusão, um desengano. Uma decepção causa um sentimento de tristeza ou mágoa e no caso de um leitor, a vontade de jogar aquele livro pela janela. Estas foram as decepções literárias de 2016.

Talvez um dia

Coloco este em primeiro lugar, pois foi a maior decepção do ano passado. A sinopse já informa: "um dos livros mais comentados". Concordo. Nas redes sociais ele foi o queridinho, só deu ele, várias 5 estrelas e mencionado em vários tops melhores leituras do ano. Eu não sabia que se tratava de um triângulo e a história ia bem, até eu descobrir que o mocinho lindo e fofo tinha namorada.

Como ninguém me disse isto???? Triângulo quando a rival é uma vaca já não funciona comigo e se a rival é uma querida??? Piorou! Fui ler depois de milhares de elogios, mas não achei tudo isto não, desculpem os que acham que é o favorito da vida, mas gosto não se discute né? No final o mocinho fica com uma das mocinhas como prêmio de consolação, o verdadeiro lema "antes mal acompanhado do que só" ou para deixar mais claro ainda "já que uma delas não me quis eu fico com a que sobrou mesmo"😞



Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.
Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Proteja-me

Maya Banks foi abduzida!!!! Não é possível que tenha sido ela que escreveu esta porcaria. Minha diva me decepcionou muito aqui, detestei este primeiro da trilogia Slow Burn e fiquei tão frustrada que nem quis dar continuidade. Personagens sem noção, enredo nada a ver, cenas absurdas e sem pé nem cabeça. Não teve química nenhuma este casal também, um tremendo balde de água fria. Quem gostou por favor comenta aí os motivos.



Caleb Devereaux é um homem atraente, herdeiro de uma família rica e poderosa. Quando sua irmã caçula é sequestrada, ele tenta de tudo para encontrá-la, mas todos os esforços são em vão. A última esperança é Ramie St. Claire, uma jovem sensitiva de quem ouve falar, e que teria o poder de se conectar com pessoas localizando-as ao tocar em um objeto delas.
Caleb conhece Ramie e instantaneamente os dois percebem que a atração entre eles é intensa. O que o milionário não imagina é que a habilidade da bela moça tem um alto preço: ela vivencia a dor de quem ajuda, e isso custa-lhe sua própria vitalidade. Por isso, depois de achar a sequestrada, Ramie desaparece da vista do rapaz.
Ao mesmo tempo arrependido pelo sofrimento causado à jovem e profundamente fascinado por ela, ele tenta encontrá-la sem êxito. E quando pensa que Ramie havia partido para sempre, ela reaparece, e desta vez é ela quem pede ajuda. Seu dom a colocou em perigo e ela está sendo perseguida. Agora, Caleb vai fazer qualquer coisa para protegê-la, arriscando tudo, inclusive seu próprio coração.

Conserte-me

Um ano inteiro esperando a continuação de Destrua-me que amei. Quase chorei de raiva durante a leitura deste. Resenha aqui.


Viver sozinha no mundo é tudo o que Josephine Geroux já conheceu. Sua vida mudou drasticamente depois de uma tragédia quando ainda era criança. Ela enfrentou a juventude com admirável esforço e aprendeu da maneira mais difícil como se adaptar e sobreviver. Apesar de tudo, ela conseguiu chegar à idade adulta sã e salva.
Após tal caos, manter uma vida livre de complicações é sua maior prioridade.
Tudo mudou quando um homem com olhos cor de âmbar invadiu seu mundo e reivindicou seu coração. Ela se entregou em mais de um sentido. A atração entre Jo e Damon parecia ser o destino fechando um círculo.
Com outra perda devastadora, Jo luta para se manter de pé. Ela se vê dividida entre um futuro promissor e agarrada a um passado devastador.  Mas esse não é o problema mais preocupante em suas mãos. Ela deve se convencer a deixar o passado para trás, onde ele pertence. Mas, em sua jornada para encontrar a coragem e o encerramento, ela faz exatamente o oposto. Uma velha ferida causada por um ato hediondo fica exposta. A verdade é catastrófica e Jo fica impotente observando as ruínas de seu mundo frágil suportarem mais turbulências. Pode algo concebido da tragédia e da maldade terminar bem? Pode algo tão completamente envenenado conquistar a adversidade? Jo tem que tomar uma decisão: aceitar as circunstâncias na qual se encontra ou lutar com uma ferocidade inabalável para consertar o que foi destruído.

Caçadora de Estrelas

Relação de amor e ódio com esta obra, amor imenso e incondicional pelo Gabs, já a Eva me irritou em 90% da trama. Começou me fazendo rir muito, mas depois só ficou sem noção mesmo e não consegui gostar dela. Até nos momentos em que não cabiam mais ela continuava sendo sarcástica, mimada e egoísta. O livro seria perfeito se no decorrer dos acontecimentos ela tivesse amadurecido de verdade e isto "meio" que só ocorreu no epílogo. Sabia que iria chorar muito e isto foi inevitável. Impossível não me comover com o Gabs e me apaixonar pelo ser humano incrível que ele é. A escrita da autora é excelente e ela criou um personagem perfeito! Em minha opinião, pelo Gabs, e só por ele, vale muito a pena ler.



Após flagrar o seu atual namorado com outro cara - não, você não leu errado - e constatar que o safado tinha um gosto para homens até melhor do que o seu, Eva se arrepende por ter abandonado a família, o gato, o emprego, os amigos e até e o país para segui-lo e decide que é hora de voltar para a casa, com o rabo entre as pernas, um mau humor feroz e sem um tostão no bolso. Mas ao contrário do que imaginou não é recebida com faixas e balões, muito menos com boas-vindas e sim com mais e mais azar - como se não bastasse todas as vezes em que foi traída, abandonada pelo circo ou roubada por alguma estrela errada -, seu irmão acabou com seu carro novo, seu pai se casou, ela ganhou duas quase irmãs indesejadas, seu melhor amigo roubou seu gato e ainda de quebra arrumou uma namorada.
Embora a vida em casa não esteja como deixou, Eva é obrigada a seguir em frente e lidar com a situação como uma mulher adulta. O que em seu dicionário quer dizer se embebedar, distribuir socos e grosserias a quem quer que esteja ao seu alcance e recuperar seu gato - a qualquer custo -, nem que para isso precise roubá-lo de volta.
O que desconhece é que o destino iria lhe preparar uma surpresa, lhe oferecendo algo que não poderia ter, um amor proibido. Será ela corajosa o suficiente para lidar com mais um coração partido, mesmo que seja pela estrela mais brilhante do céu?

Todo seu

Minha resenha é autoexplicativa.  Leia aqui.



Gideon Cross. Me apaixonar por ele foi a coisa mais fácil que eu já fiz. Aconteceu instantaneamente. Completamente. Irrevogavelmente.
Me casar com ele foi um sonho se tornando realidade. Estar casada com ele é a luta da minha vida. O amor transforma. O nosso é tanto o refúgio da tempestade, quanto a mais violenta das tempestades. Duas almas danificadas entrelaçadas como uma só.
Temos descoberto os mais profundos, e mais feios segredos um do outro. E Gideon é o espelho que reflete todos os meus defeitos e toda a beleza que eu não podia ver. Ele me deu tudo. Agora, eu preciso provar que eu posso ser sua rocha de segurança, o abrigo que ele é para mim. Juntos, poderemos lutar contra aqueles que trabalham de forma brutal para ficar entre nós.
Mas a nossa maior batalha pode estar dentro dos próprios votos que nos dão força. Comprometer-se com o nosso amor era o começo. Lutar por isso, é o que irá nos libertar ou separar.
*** Dolorosamente e sedutoramente pungente, Todo Seu é o eletrizante e aguardado final da Série Crossfire, uma história de amor ardente, que cativou milhões de leitores em todo o mundo.

Ídolo

É da Katy Evans, faz parte da mesma série que tanto amo, então desde a pré venda eu estava louca por este livro crente que o protagonista seria mais um "Remy" da vida. Não chegou nem perto! A Pandora é insuportável e o romance do casal não colou. Nada a ver com os demais livros, além de ter fugido totalmente do cenário de lutas. Não postei resenha no blog então fica a dica. Ou não.


Pandora Stone nunca conseguiu se recuperar depois que Mackenna Jones sumiu de sua vida e destruiu seu coração. Mas encontra uma chance de se vingar do ex, hoje lendário vocalista de uma banda de rock. Haverá um grande show em Seattle. E ela tem que estar lá. Junto da amiga Melanie, pretende provocar a maior humilhação na carreira de Kenna em pleno palco. Apanhadas pelos seguranças, uma inesperada reviravolta ocorre: Pandora é convidada a participar das gravações de um filme sobre a banda, pois sua história mal-resolvida com a estrela do rock promete trazer a emoção que faltava ao longa. A garota aproveita a oportunidade para arquitetar uma nova vingança. Mas não esperava que seu ódio por Kenna pudesse vacilar. Ele ainda a fascina, a provoca, bagunça seu coração. Sua presença sempre a incendeia, traz de volta memórias maravilhosas que ela adoraria enterrar para sempre, pois machucam demais. E pior: ele sabe disso também. Mas o ídolo não revelou todos os seus segredos...

Simplesmente Você

Tinha tudo para ser bom!! A capa é linda, o enredo começa bem, os protagonistas combinam e estava há meses ansiosa para ler este romance, mas não rolou! Personagens com atitudes mega infantis e o segredo do final foi lamentável. Toda aquela enrolação e mimimi para nada. A mocinha ficou o livro inteiro se humilhando e chorando pelo mocinho que era para lá de escorregadio; e ele passou o enredo todo com o mantra: "não quero te magoar" e "não sou o cara certo para você". Não gostei e acabei por não postar a resenha.



Helena é uma jovem simples, divertida e muito desastrada. É bem sucedida profissionalmente e tem uma vida pessoal tranquila. Mas isso muda completamente quando, de maneira inusitada, o destino coloca Eduardo em sua vida. Alto, moreno e dono dos olhos azuis mais lindos que ela já viu, ele vira sua vida de cabeça para baixo e uma paixão arrebatadora surge entre eles. Helena tenta se afastar e evitar o que sente, mas a atração entre os dois fala mais alto.
Eduardo é um homem fantástico, mas também muito misterioso e fechado. Ele não permite que ninguém se aproxime, até que Helena, com seu jeito maluco, começa a quebrar suas barreiras.
Mas um segredo entre eles faz com que o sentimento seja testado. E isso pode colocar tudo a perder. Será que esse casal conseguirá superar os obstáculos que surgirem ao longo do caminho e deixará o amor vencer?

Diário de uma cúmplice

Fico muito chateada quando termino uma obra onde não é mencionado que faz parte de série e só no final descubro que terá continuação. Acho uma falta de respeito com o leitor não informar na capa do livro ou em qualquer outro lugar dele antes que a gente comece a ler ou mesmo faça a compra. Além de tudo isto, eu não consegui admirar a protagonista. Preciso falar mais nada. Resenha aqui.


Meu nome é Christine, ou pelo menos costumava ser. Professora numa escola infantil, eu levava uma vida bem normalzinha, meio sem graça, até que numa noite eu o vi. Começou com uma paquera descompromissada, daquelas que acontece quando você vê um cara gato do outro lado da rua. Ele me olhou, eu olhei pra ele e sorri. Esse joguinho de sedução poderia ter terminado num café, ou quem sabe em um namoro, se ele não tivesse se aproximado de mim e me apontado uma arma.
Não sei o que me deu para salvá-lo da polícia e abrigá-lo na minha casa. Burrice? Solidão? Não tinha a menor intenção de me tornar cúmplice de um criminoso. Mas seu olhar quente, sua fala mansa e sedutora me enlaçaram de tal forma que, de repente, eu me vi no meio de um turbilhão de acontecimentos. Agora, refém da paixão por aquele homem, só me restava relatar em um diário como fui me envolver mais de corpo do que de alma com a maior quadrilha do país.

Mentirosos

Este foi mais um do gênero "todo mundo amou menos eu". Enredo cansativo e o final não me impressionou como eu esperava. Resenha aqui.



Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições.
Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.
Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

O ano em que te conheci

Só eu que não acho esta autora a "DIVA DOS ROMANCES"???? Já tinha lido outros livros dela, mas este se superou no quesito "não sei nem porque foi publicado". A única coisa que salva é a capa maravilhosa. Resenha aqui


Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt.
Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato.
Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt.
Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda.
Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

A garota dele

Tão aguardado e tão frustrante! Deixou muito a desejar. Não gostei de como a autora desenvolveu o enredo e o romance do casal também não foi lá grande coisa. O Victor merecia mais.


A garota dele é o aguardado spin off de Amor em jogo, de Simone Elkeles. No livro, a autora best-seller explora a história conturbada de amor e de amizade entre Monika e Victor, personagens já apresentados no primeiro livro.
Victor Salazar tem má fama no colégio por causa das brigas em que se envolve e por suas notas baixas. À parte as impressões superficiais, Victor tem um bom coração e está sempre tentando proteger as pessoas que ama. Filho de mexicanos, o garoto não tem uma boa relação com o pai e vive com o dilema angustiante de ser apaixonado por Monika, a namorada de seu melhor amigo Trey.
Inteligente e educado, Trey parecia ser o par perfeito para Monika, mas assim que o terceiro ano começa, ele deixa o namoro em segundo plano para se dedicar às missões de se tornar o primeiro da classe e vencer o campeonato estadual de futebol. O relacionamento dos dois começa a esfriar e alguns acontecimentos surpreendentes vão aproximar Monika do “bad boy” Victor.
Com capítulos intercalados, que narram a história sob a perspectiva ora de Monika ora de Victor, o romance preserva o ritmo de suspense e também a complexidade e os desejos de cada um dos personagens. Assim como em Amor em jogo, Simone Elkeles apresenta uma linguagem descontraída ao mesmo tempo em que constrói um enredo profundo e comovente, no qual discute questões como família, amadurecimento e princípios.

***Lembrando que estas são as minhas opiniões. Nenhum livro é ruim e o que não funciona para mim pode ser a sua melhor leitura. Gosto é gosto e quem sabe alguma aqui acaba entrando na sua lista de favoritos não é?




4 comentários:

  1. Diana,a vida de uma leitora é assim mesmo às vezes temos grandes expectativas por uma história e ela deixa a desejar,nos frustrando outras vezes vamos sem nenhuma expectativa e somos inesperadamente surpreendidos de uma forma maravilhosa e arrebatadora,e é assim mesmo o mundo incrível dá leitura,e esse é um dos principais motivos que o faz especial.Mil beijinhos 😘❤!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade Aciclea, este mundo é incrivel e respeitando os gostos de cada um é o que conta né? ótimas leituras, bjs

      Excluir
  2. Oi Diana, tudo bem?
    Como assim menina? Vários livros que estou louca para ler - como Talvez Um Dia - entraram para sua lista de decepções literárias de 2016. Choquei!
    Mas olha, vou ler mesmo assim e espero gostar porque é um saco né quando fazem muito barulho em cima de um livro e quando vamos ler ele nem é tudo isso.
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é Priscila, mas não desanima não, vai que gosta dos que eu não curti né? bjs

      Excluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer esta solicitação. Comentários deste tipo serão excluídos.

No instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts