Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter - Trilogia Os Números do Amor, Livro 2 de Sarah MacLean @EditoraArqueiro

11.10.16

Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou. Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade. Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
Lembram da minha resenha do Gabriel e da Callie de Nove Regras gente? De como eu estava ansiosa por esta sequência? Ela chegou e fiquei até emocionada quando recebi acreditam? Eu li este livro no final do mês passado e fiz o possível para não demorar para vir aqui indicar porque eu adorei. Eu não vou mentir, Nove Regras é mil vezes melhor em minha opinião, mas esta leitura também é deliciosa e o Nick é lindo, inteligente e tudo de bom. Não sei, acho que a Sarah não escreve nada ruim, pelo menos não que eu já tenho lido. É cada homem perfeito que ela cria. Uau!!!
“Lorde Nicholas é um verdadeiro modelo de masculinidade. Bonito e charmoso, com uma aura de mistério que faz leques e cílios balançarem. E os olhos, cara leitora! Tão azuis!"
O que me chamou atenção para esta obra, além do Nick é claro, e que eu já havia mencionado na resenha de Nunca julgue uma dama pela aparência, foi a introdução da Georgiana. É por causa da fuga dela e da missão de Nick de encontrá-la para fazer um favor para um amigo que ele e Isabel se conhecem. Este amigo no caso é o duque de Leighton que formará o par romântico com Juliana no último livro da trilogia. Mais um Simon na minha vida gente, imagina se já não estou em cólicas! Bom, vamos conhecer o Nicholas agora que se é irmão gêmeo do Gabriel, nem preciso ressaltar as características físicas espetaculares né?

Um cavaleiro excepcional e um esgrimista incomparável, Lorde Nicholas enriqueceu por mérito próprio. Quando a mãe dele o abandonou, ele e o irmão viveram uma infância solitária e depois que ele foi traído pela mulher que amava, jurou nunca mais se apaixonar. Ele é um especialista em antiguidades e também já participou de missões de resgate pelo mundo acompanhado de seu melhor amigo Rock. Tudo começa quando uma revista de fofocas cita Nick como o mais elegível dos solteiros. Pela publicação enumerar tantas qualidades que ele tem, ele passa a ser perseguido em todos os lugares pelas moças solteiras e pelas mães destas debutantes. A última coisa que ele quer é se casar, mesmo sendo testemunha do casamento bem sucedido do irmão e da felicidade dele. Com isso, a decisão de ajudar o duque a procurar a irmã que fugiu se solidifica, pois além de ajudá-lo, também foge do assédio que está tendo em Londres. Sua experiência em encontrar pessoas faz com que ele e Rock cheguem rapidamente em Yorkshire e lá Nick tem um primeiro encontro quase desastroso com Isabel.

O que Callie teve de atrevida e corajosa em Nove Regras, Isabel tem de independente e teimosa. Ao contrário da primeira que era apaixonada e sonhava com um casamento, Isabel acredita que isto traz mais problemas que soluções. Filha de um conde trapaceiro, ela não tem dinheiro e luta para pagar as contas de sua propriedade nomeada Casa de Minerva, um refúgio para mulheres em fuga e o local que Georgiana encontra para se esconder. Isabel sempre cuidou de si mesma, mas com o recente falecimento do pai, ela precisa de muito mais ajuda para cuidar do irmão de dez anos e futuro conde. As únicas coisas que ela tem de valor são suas estátuas de mármore que ela decide vender e a chegada de Nick, que ela já conhece das fofocas que lê na tal revista, vem a calhar neste momento.

Em Nove regras havia uma lista que a protagonista queria cumprir antes de se apaixonar, em Dez formas, você tem no início de cada capítulo, uma lição espirituosa para fisgar o melhor partido. Claro que Isabel sempre faz o oposto daquilo sem nem perceber, mas no final das dez lições, mesmo não tendo seguido nenhuma das orientações, a missão de conquistar o homem da sua vida é um sucesso.
"Quem era aquele homem, ao mesmo tempo um antiquário, um cavalheiro, um misterioso fugitivo de cadeia e o irritante dono de um beijo maravilhoso? "
Se no primeiro volume conhecemos o lado mais engraçado e aventureiro do Nick, neste o lado mais profundo e danificado vem a tona com a descoberta do seu passado. Ele é gentil, sexy e sua natureza protetora aflora quando ele entende que Isabel precisa de ajuda, mas se recusa a pedir. Ele sempre foi atraído para ajudar as pessoas que mal conhece e Isabel esconde alguns segredos que o deixa intrigado, mas que ele não demora muito a desvendar. Assim que ele descobre que uma das mulheres que Isabel está abrigando é Georgiana, se sente culpado por estar ali e fica com medo de que ela não vá perdoar esta traição.

Eu admirei muito a força da Isabel, o fato dela sempre pensar nos outros antes de si mesma, porém, me irritou um pouco como ela tentava afastar o Nick mesmo quando ele provava que era digno de confiança. Ela viu como a mãe dela sofreu e não queria passar pela mesma coisa e apesar de entender este medo, foi inevitável não me incomodar com a sua falta de confiança. O Nick foi muito paciente e estava disposto em ajudar não só ela, mas também as meninas da casa financeiramente. Há uma interação muito divertida entre ele e o James, o irmão da Isabel, que acabou tornando ainda mais difícil para ela resistir a este cavalheiro.

Nicholas e Rock são dois homens muito especiais que já passaram por diversos perigos no Oriente e eu adorei que o romance de Rock com uma das meninas da casa também foi narrado aqui. Como não poderia deixar de ser em um livro da Sarah Maclean, a química do casal é intensa e as cenas são picantes na medida certa. O enredo é ótimo, os personagens secundários também e rever o Gabriel a Callie foi maravilhoso. Gostaria que tivesse mais cenas com eles, mas enfim, é uma leitura que vale muito a pena. Eu estou muito ansiosa pelo livro da Juliana que será lançado o ano que vem. Serão onze escândalos, curiosa é pouco para definir.

Clique na imagem e saiba mais sobre a trilogia

E o desafio históricos está acabando!! Cumpro o item 11 com esta leitura, dá para acreditar que só faltam dois itens? Já estou com meus escolhidos em mãos e vocês? Confiram tudo que já rolou na minha evolução e até a próxima meta!


Onde Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts