Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Uma Noite Apenas de Bya Campista @NovoSeculo

26.9.16



Angelina Brooks não se prende a relacionamentos, vive um dia de cada vez. Felizes para sempre?
Uma noite apenas é o suficiente, afinal, o que é uma mulher apaixonada se não um pé no saco?
Angelina ama sua liberdade, sua casa, seu melhor amigo e seu uísque.
Suas noites são festa; seu trabalho, parte do seu DNA; e sexo, o combustível que move sua vida. Evan King – ou simplesmente doutor King – é um renomado médico que vive para o trabalho.
Solteiro por opção, tem uma vida sem grandes emoções, apesar de amar desafios.
Até o momento em que uma paciente extremamente irritante – e sexy – aparece em seu consultório.
O que poderiam ter esses dois em comum além da atração e desejo incontroláveis que sentem um pelo outro?
Uma noite apenas seria o suficiente para satisfazê-los?
Nos livros de romance é comum ver sempre o mocinho sendo o cínico quando se trata do amor né? Aquele que tem apenas uma noite só com as mulheres e no dia seguinte, puff! some do mapa e parte para a próxima. Neste livro o papel é invertido já que é a Angelina que nunca se apaixona, nunca passa a noite, nunca se envolve, tudo que a gente está acostumada a ver o mocinho fazer. É ela que vamos no decorrer da história, torcer para que se renda aos encantos do mocinho, e que mocinho minha gente! Dr. King é pra lá de sensual, um homem de verdade, com uma pegada realmente “BEM FORTE”!

Tudo começa quando ela sente algumas dores no ombro e seu super prestativo amigo Tray marca uma consulta com um especialista. Chegando lá, ela fica de boca aberta com o “deus” que vai atendê-la. Esperando que o médico fosse um velho, ela literalmente quebra a cara. Lógico que o amigo dela sabia que ela teria esta reação. Pois bem, antipatia pelo médico a parte (já que ele a deixa embaraçada em todas as consultas), ela começa o tratamento e claro, que além de muito atraída pelo Dr. King (que nome de rei é este?), também se surpreende com o seu profissionalismo.


Em uma determinada noite, eles se encontram em uma boate e aí o negócio pega fogo! Uma noite apenas viram duas, três... dias...semanas... e a missão de Evan será domar a Angelina porque ela é dura na queda. Apaixonada sim, assumir isto para ele? Nunca!

Mais um livro que devorei, que me prendeu do início ao fim. Os personagens são marcantes, as cenas são quentes mas ao mesmo tempo românticas. O livro é todo na visão da Angelina e seu humor sarcástico é incrível!  Isto sem falar no Tray, o melhor amigo dela que é o máximo! Super alto astral e tem umas tiradas hilárias, o amigo que toda mulher gostaria de ter.

O ponto alto do livro são as cenas eróticas, então se não faz o seu gênero, sinto muito te decepcionar. O Evan chegou para abalar as estruturas de Angelina e deixar você leitora, sem ar. Ui!! O livro é muito bem escrito, me envolveu e me emocionou. Angelina é um exemplo de mulher, independente, linda, sexy e mesmo com seu histórico de vida soube dar a volta por cima. Arrasou! Diga-se de passagem, arrasou também com a sua "quase rival". Nossa que cena foi aquela? Intensa e digna de uma heroína, amei!


Angelina tem sobre ela o fantasma de uma doença genética degenerativa, herança da mãe e a autora está de parabéns por abordar o tema com tanta propriedade, falou o essencial sem deixar de lado o sofrimento que a doença causa. O Evan deu um show ao lidar com a Angelina e com o seu medo de se envolver. Muito amor! A trilha sonora então, maravilhosa!


**Postagem original de 20/01/2015 repostada com atualizações


Comentários
5 Comentários

5 comentários

  1. Hum. Adorei conhecer esta história. O doutor já me conquistou. Se a personagem não ficar com ele, eu fico numa boa. Estou precisando de um cara assim. Rsrsrs Parece ser bem legal. Vou ver se leio.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Vixe, esse livro guarda grandes emoções, em...
    uma moça que não ´bem a mocinha e um cara que não
    é como os outros, isso sim é que é um livro de pegar fogo
    literalmente..
    gostei

    ResponderExcluir
  3. Os homens que se cuidem! Hoje as mulheres também podem ter "apenas uma noite", porém o amor não sabe disso :)

    ResponderExcluir
  4. Acho essa independência da Angelina o máximo!
    E é exatamente por isso que gostaria de ler essa história.
    Estou um pouco cansada de personagens masculinos arrogantes demais...

    ResponderExcluir
  5. Hum Diana sua linda por conta dessa resenha vou comprar o livro.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts