Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Diário de uma Cúmplice - Mila Wander @PlanetaLivrosBR

9.8.16

Meu nome é Christine, ou pelo menos costumava ser.
Professora numa escola infantil, eu levava uma vida bem normalzinha, meio sem graça, até que numa noite eu o vi.
Começou com uma paquera descompromissada, daquelas que acontece quando você vê um cara gato do outro lado da rua.
Ele me olhou, eu olhei pra ele e sorri.
Esse joguinho de sedução poderia ter terminado num café, ou quem sabe em um namoro, se ele não tivesse se aproximado de mim e me apontado uma arma.
Não sei o que me deu para salvá-lo da polícia e abrigá-lo na minha casa.
Burrice? Solidão?
Não tinha a menor intenção de me tornar cúmplice de um criminoso.
Mas seu olhar quente, sua fala mansa e sedutora me enlaçaram de tal forma que, de repente, eu me vi no meio de um turbilhão de acontecimentos.
Agora, refém da paixão por aquele homem, só me restava relatar em um diário como fui me envolver mais de corpo do que de alma com a maior quadrilha do país.

Christine tem 25 anos, mora sozinha, é educadora em uma creche e a sua vida se resume a ir do trabalho para casa todos os dias. Perdeu os pais aos 15 anos e desde então não tem ninguém no mundo. A história começa e se desenrola com ela escrevendo em um diário que ganhou de presente da melhor e única amiga. Ela acha a ideia de ter um diário muito sem noção, não só porque não tem mais idade para isso, como também não tem nada de interessante para escrever nele. 

Por ironia do destino, um dia depois do seu aniversário, ela dá de cara com um homem lindo e atraente que está fugindo da policia e ao abordá-la, acaba levando um tiro. Como eles estão próximos da casa dela, Christine tem a infeliz ideia de levá-lo até lá. No começo, ele desconfia da ajuda que ela quer prestar, mas sem saída, acaba aceitando seus cuidados. Ao saber que ele faz parte de uma quadrilha e que a policia já a considera uma cúmplice dele, Christine decide ir com Miguel ao seu destino, mesmo morrendo de medo e achando que está ficando louca por isso.

Tudo que ela quer é um pouco de desafio e emoção em sua vida tediosa, viver uma aventura e um grande amor para sair da rotina e principalmente, ficar ao lado deste homem que a atrai de uma maneira inédita. Eu entendi os conflitos que ela enfrentava e até aqui estava curtindo a trama, só que a partir do momento em que ela conhece todos os comparsas de Miguel e fica sabendo que ele tem uma namorada, ainda tem a chance de voltar atrás e não escolhe isto. Luta contra os seus princípios a cada nova revelação e crimes e passa boa parte do tempo chorando por um cara que não decide o que quer da vida. Uma hora quer ir embora, outra hora quer ficar e esta indecisão acabou tornando a personagem chata. 

A história é narrada por Christine com os capítulos em forma de diário e as cenas sensuais foram poucas e leves. Eu teria gostado mais se Christine fosse uma personagem mais forte e determinada, que realmente tivesse incorporado sua nova identidade. Além disto, gostaria que ela e Miguel estivessem juntos como um casal desde o começo, apaixonados, não fazendo joguinhos e com a namorada de Miguel atrapalhando, isto definitivamente tirou toda a graça do romance para mim. Ela faz amizade com um destes comparsas que também é chamado de Chris e eles se tornam inseparáveis. A amizade deles foi o que salvou esta leitura. 

Em meio a tiroteios, assaltos, emboscadas e missões espiãs, ela fica cada vez mais apaixonada, tem na namorada de Miguel uma inimiga, conquista toda a quadrilha com suas atitudes heroicas, comete várias outras burradas e começa um caso com Miguel após saber os motivos que o fazem ficar ao lado de uma mulher que ele não ama. Em um determinado momento, eu até que torci por eles, infelizmente, o desfecho foi triste e deixou a desejar. Claro que eu não imaginava que tudo acabaria em um mar de rosas, mas não concordei com o rumo dos acontecimentos e considerei a maioria das ações de Christine idiotas e humilhantes. A impressão que eu tive com o final é de que a historia terá continuação. Sinceramente, eu esperava mais!

Onde Comprar: Saraiva Cultura Amazon


Comentários
2 Comentários

2 comentários

  1. Obrigada pela resenha, adorei ler sua opinião!
    Na verdade, existe a continuação, em que Christine voltará mais decidida, treinada e pronta pra tudo!
    É uma pena você não ter gostado tanto, espero te agradar mais na próxima vez! Beijocas!! ♡♡♡♡

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, e com certeza poderia ser mais trabalhado, as vezes a insegurança e a falta de determinação de uma personagem prejudica e muito no desenrolar de uma trama. Sua resenha é uma das melhores que já li, super crítica e bem estruturada.Tomara que possa ter mesmo uma continuação e que essa seja muito melhor que o primeiro livro. <3

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts