Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Todo Seu, Série Crossfire Livro 5 de Sylvia Day @EditoraParalela

6.6.16

Gideon Cross.
A coisa mais fácil que já fiz foi me apaixonar por ele.
Aconteceu instantaneamente, de forma completa e irrevogável.
Casar com ele foi um sonho realizado.
Continuar casada com ele é a maior batalha da minha vida.
O amor transforma, e o nosso é um refúgio e também a pior tempestade.
Duas almas danificadas que se entrelaçaram.
Nossos votos foram apenas o começo.
Lutar por esse casamento pode nos libertar… ou nos separar de vez.




Ao ler o primeiro livro desta série, eu fiquei imediatamente cativada. Afinal, a obra tem diversos ingredientes que eu amo, mocinho possessivo, um verdadeiro macho alfa lindo e gostoso, dramas, clichês, cenas escaldantes e a química do casal era evidente, aliás, mais evidente que aquilo impossível. Eu ainda estava na fase de só ler livros de banca e como tinha acabado de ler a trilogia 50 Tons, queria saber os motivos que todos comparavam uma série com a outra. Nada a ver para mim, sou time 50 Tons mil vezes. Claro que em matéria de dominação, Gideon ganha pontos porque domina sem o uso de chicotes, de resto, a trilogia da E.L James continua sendo a minha queridinha. O amor que Grey sentia pela Ana era verdadeiro, provocou mudanças maravilhosas na vida dele, não foi esta coisa doentia que vemos aqui. Mas, como não sou nenhuma psicóloga e estamos falando de ficção, vamos deixar isto para lá né?

Continuando... eu li o primeiro livro, amei e logo fui ler o segundo volume, que para minha felicidade na época, já havia sido lançado. Também amei! Terminei com uma tremenda ressaca e lá fui eu atrás do terceiro que já estava entrando em pré venda. Contei os dias para o lançamento, para terminar a trilogia e aí aconteceu comigo o que acredito que aconteceu com a maioria dos leitores, além de descobrir que não se tratava de uma trilogia, eu me decepcionei com o conteúdo do livro e terminei desesperançada. Nem queria mais as continuações. Prometi para mim mesma que só leria quando realmente tivessem sido lançados todos.

Porque comecei a resenha falando tudo isto? Sempre digo que a gente não deve perder tempo com livro ruim, quando é ruim eu nem termino de ler e passo para o próximo e esta série é um belo exemplo de que eu devo continuar pensando assim. O que aconteceu foi que a pessoa aqui ficou muito curiosa e assim que lançou o quinto e tão aguardado último livro, foi lá ler o quatro. Pois é caros leitores, eu deveria ter parado no terceiro mesmo. Que leitura mais arrastada! Pulei diversas cenas que considerei desnecessárias e pensei: o que mais esta autora vai inventar para este casal no volume 5? Já deu o que tinha que dar. E não é que Todo Seu conseguiu a façanha de ser pior ainda? Não esperava um final “fofo”, com filhos e uma casa com cerca branca, porque não iria combinar com o casal mesmo, até aí tudo bem, o relacionamento deles tinha apenas três meses no início deste livro e se fosse terminar deste jeito iria ficar mais sem pé nem cabeça do que ele já foi. Também não está mais em questão se era trilogia e aí a autora decidiu escrever mais dois livros, se a série inteira tivesse se desenvolvido bem, não tivesse deixado tantas pontas soltas eu até perdoava, no entanto, a impressão que eu tive é que a autora escreveu este livro com pressa, porque já estava de saco cheio de tantos leitores cobrando o final. Ela não escreveu pensando e acima de tudo respeitando os verdadeiros fãs, não colocou amor no que estava fazendo.

Para mim não ficou claro o que de fato aconteceu com o Brett e com a Corine e nem o triângulo mais chato da face da terra (Cary, Trey e Tatiana) tiveram um desfecho digno. Nossa! Tanta coisa aconteceu com Gideon e Eva em quatro meses/cinco livros! Fiquei até tonta. A autora deveria ter trabalhado melhor este enredo e deixado pelo menos a impressão que o casal estava junto há mais tempo. Ao que me pareceu, ela queria compensar toda a beleza e riqueza dos protagonistas com tragédias. Mais ou menos assim: vocês dois já são lindos e ricos, ainda querem ser muito felizes logo de cara também? Não!! Vão ter que passar por poucas e boas antes. Quando eu pensava que tudo estava se resolvendo, mais desgraça e situações constrangedoras eram reveladas. Aqui eles ainda não confiam plenamente um no outro e ainda brigam por motivos idiotas. Você lê a sinopse e o que você pensa? Que a trama vai girar em torno do casamento deles não é? Ledo engano! Como desgraça pouca é bobagem, vamos trazer um pouco mais. Até em uma cena onde não cabia sexo, teve sexo. Logo após mais uma bomba na vida da Eva, como se ela já não tivesse sofrido o suficiente. Não que ela se importasse é claro, pois para mim ela se comportou do modo mais frio possível. E pelo amor de Deus Sylvia Day, que acontecimento desnecessário foi este também?!! Diga se de passagem, o que mais teve nesta série foi personagem secundário chato e acontecimento irrelevante! Final e justificativas lamentáveis!

Em "Todo Seu" o que salvou foram as cenas em que Gideon ganha seu filhote. Todas as cenas em que o cão apareceu foram ternas e doces e eu adorei. As sessões de terapia do casal também merecem um destaque em minha opinião. Desde "Para Sempre Sua" elas só perderam seu foco para as cenas de sexo que não foram poucas, e tanto em um caso como no outro, a autora acertou. Tem que se ter muita coragem para fazer terapia de casal, para se abrir cara a cara em tão pouco tempo de relacionamento e na frente de um estranho. Não é todo mundo que encara. Nem com anos de relacionamento é fácil, imagina neste caso. As capas de todos os livros são maravilhosas e a diagramação também está excelente. Enfim, de modo geral, creio que esta será mais uma destas séries 8 ou 80, ou você ama ou odeia, sem meio termo. A conclusão para mim não foi satisfatória e não podia deixar de dar minha opinião, até porque muita gente pediu e estava esperando por ela. Se vocês gostaram do final, por favor comentem, gostaria de saber quem gostou e o motivo, é muito legal esta troca de opiniões. 

Onde Comprar: Saraiva Cultura Americanas Submarino


Livros da Série


Comentários
6 Comentários

6 comentários

  1. Eu acho que a comparação que as pessoas fazem é mesmo no estilo de leitura. Cada um tem suas particularidades, mas se formos analisar é praticamente a mesma história. E isso não é só com esses dois livros, mas todos os livros desse estilo seguem a mesma linha. E isso fica chato as vezes.
    Eu gosto bastante da história, já li umas duas vezes. Mas os últimos não me adicionaram nada. Quando indico, falo pra lerem só os três que ta de bom tamanho!

    ResponderExcluir
  2. Estava ansiosa pela sua resenha. Além de achar desnecessário 5 livros, também achei desnecessário todos os fatos que ela acabou criando meio que de última hora no livro. Deixou Várias Pontas soltas criou fatos Absurdos que nada tinham a ver como a história. Uma série que eu era apaixonada, e no quarto livro já comecei a me decepcionar. Acho que a Sylvia se perdeu totalmente na trama e decepcionou pelo menos 80% de todos seus fãs que tanto esperaram pelo fim de Crossfire. Também não esperava um felizes para sempre com filhos e flores, mas também não esperava esse desfecho tão decepcionante.

    ResponderExcluir
  3. Tenho um relacionamento de amor e ódio com essa série. Realmente, a Sylvia Day pecou e muito no quarto livro, foi muito enrolado e com muitas cenas desnecessárias, uma leitura bem arrastada mesmo. Mas não adianta, ainda vou acabar lendo Todo Seu para ver (ou não) o fechamento da série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Concordo totalmente com tudo, o livro ta cheio de coisas desnecessárias, com pontas soltas, nem li o livro todo, não consegui, fiquei pulando várias cenas chatas. Desde o livro 3 já estava decepcionada.
    50 tons ainda é meu queridinho!!!

    ResponderExcluir
  5. Uma pena mesmo que você tenha achado esse o pior livro. É chato quando o autor não sabe finalizar uma série e fica prolongando, colocando coisas desnecessárias e só cansando o leitor. Ainda não li nada dessa autora e confesso que a série nunca me chamou muita atenção, ainda mais sabendo disso.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu fiquei muito chateada com o rumo que a série tomou, Gideon sempre será meu crush favorito, li os 3 primeiros livros várias vezes, até porque a autora demorou tanto para lançar o restante da série que nem lembrava mais dos detalhes, então relia.
    Sinceramente, acho que o maior erro da Sylvia Day foi ter feito eles se apaixonarem em tão pouco tempo e Gideon demonstrando aquela "prova de amor" logo no segundo livro, isso acabou não dando abertura para Eva desconfiar do amor que ele sentia por ela e todo aquele clichê que acontece nos livros.
    Enfim, achei desnecessário tanta tragédia e terapia de casal, Eva era uma das minhas mocinhas favoritas, mas nos últimos dois livros ficou chata, quando tinha que brigar com Gideon por causa da Corinne não brigava e quando o motivo era bobo ela quase terminava com ele, pelo amor ¬¬

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts