Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Amante Sombrio, A Irmandade da Adaga Negra Livro 1 de J. R. Ward @univdoslivros

7.6.16


Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. Wrath é o vampiro mais puro da raça, dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou orfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos.Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Mais uma resenha da série “todo mundo leu menos eu”. Há muito tempo que a série IAN está na minha lista de leituras. Desde que comecei a ler a Série Novas Espécies, sempre ouvi maravilhas sobre esta aqui e muita gente me dizia que se eu tinha gostado de uma, automaticamente gostaria da outra. Confesso que comecei a ler morrendo de medo de não curtir, este lance de vampiro nunca me chamou muita atenção. O enredo demorou um pouco a engrenar e me desesperei, mas quando estava em 40% do livro o negócio começou a ficar tão bom que eu não consegui parar de ler até ter virado a última página. Ufa!! O que tenho a dizer: Eu amei e quero mais!!! Esta também é a primeira obra que leio da JR. Ward e estou ansiosa pelo segundo volume que promete ser ainda melhor.

Em Amante Sombrio somos apresentados ao líder da Irmandade da Adaga Negra, Wrath, o Rei dos Vampiros, um rei que não queria ser rei de coisa nenhuma, mas acabou não tendo muita escolha em relação a isto. Aqui ele terá que encontrar e proteger Beth, filha de seu melhor amigo Darius. Ele foi brutalmente assassinado e antes de morrer havia lhe pedido um favor que ele recusou. Se sentindo em dívida com o amigo, Wrath dá inicio a uma intensa relação com Beth enquanto ambos aguardam sua transição (de humana para vampira). Ele também sente que é seu dever caçar e vingar a morte do pai dela e enquanto luta contra os redutores, tem a missão de revelar a Beth o que ela realmente é.

Beth é mestiça, filha de Darius (um vampiro) com uma humana. Ela cresceu achando que os pais estavam mortos, viveu em orfanatos e desconhecia sua herança. Com medo de prejudicar a filha por causa de sua condição, Darius sempre a vigiou a distância e sabendo que ela inevitavelmente passaria pela transição, pois estava prestes a completar 25 anos e iria precisar se alimentar de um vampiro do sexo oposto, ele procurou Wrath, o melhor guerreiro para ajudá-la. Logo no primeiro encontro dos dois as coisas saem do controle. Ela é lançada para este mundo desconhecido e perigoso, porém, felizmente terá Wrath ao seu lado que irá protegê-la ferozmente. Wrath é um vampiro torturado, se culpa pelas mortes dos pais, quase não enxerga e trata Beth de maneira cruel no início pensando que assim estará se protegendo de qualquer sentimento em relação a ela. O que ambos não fazem ideia e de quão forte será o amor que irá nascer no meio disto. A atração que eles sentem é explosiva e quando os dois menos esperam, estão apaixonados.

Foi exatamente isto que me atraiu nesta série e fez com que eu colocasse todos os livros na lista de desejados: o romance. Além de vampiros reais (no sentido de que eles não podem se expor a luz do sol e se alimentam de sangue entre outras coisas), eles são protetores e possessivos com suas mulheres, assim como os meus amados NEs. Não há triângulos amorosos e eles não dividem, não é o máximo isto??? Aqui você não vai encontrar nenhum mocinho galã, exceto talvez o Rhage. Todos eles são imperfeitos a sua maneira, tem cicatrizes e traumas e uma aparência assustadora. A autora fez um excelente trabalho ao misturar romance erótico e sobrenatural com muita ação, cenas e diálogos engraçados e suspense. O enredo é bem escrito os personagens são bem desenvolvidos e cada um deles acrescenta algo na história. Impossível não se comover com o modo como Wrath protege a Beth ao mesmo tempo em que cuida de todos os seus irmãos antes, durante e após suas lutas.

A Irmandade da Adaga Negra é composta de vampiros guerreiros treinados para proteger a sua espécie contra a Sociedade Redutora, no caso, os inimigos sem alma que estão determinados a exterminar os vampiros. Estes só morrem se apunhalados diretamente no coração, caso contrário, vivem eternamente. Os membros da Irmandade possuem imensa força física e mental e se recuperam de seus ferimentos rapidamente, também só podem ser mortos por tiros ou punhaladas no coração. São indicados pelos membros e estão em perigo de extinção. O grupo de Redutores é liderado pelo Sr. X e os capítulos intercalam os pontos de vista dele, Wrath e Beth. No decorrer do enredo, o Sr. X comete crimes atrozes e Wrath acaba sendo o principal suspeito, é aí que entra o Butch, um policial que estava apaixonado pela Beth e um dos meus personagens favoritos na trama.

Um livro incrível! Me apaixonei pelos personagens, adorei as cenas de amor do casal e principalmente, fiquei encantada pela família que estes homens tão danificados formam, pelo respeito, lealdade, camaradagem e brincadeiras que há entre eles. São apresentados neste volume, Rhage, Vishous, Thorment, Zsadist e seu irmão gêmeo Phury. É muito bom quando você se conecta com os personagens secundários e sabe que todos terão suas histórias contadas nos livros seguintes. Eu adorei todos e fiquei muito, mas muito feliz quando soube que Butch também terá a sua. O cara é hilário e muito corajoso e foi muito fofo o modo como ele ficou embasbacado pela Marissa (também vampira). A amizade que surgiu entre ele, um humano comum com todos estes caras foi fantástica. A cerimônia de casamento de Wrath e Beth teve um grande destaque e ela se torna uma rainha perfeita para este homem sexy, além de ganhar o respeito de toda a fraternidade que jura reverenciá-la.

Os nomes dos personagens são estranhos e difíceis de pronunciar, assim como um monte de detalhes que a autora nos apresenta aqui é um pouco complicado de acompanhar e entender, no entanto, no início de cada livro da série, o leitor tem a disposição um glossário de termos e nomes próprios que esclarece tudinho para os leigos como eu. Todos estes machos alfas com certeza vão entrar para o rol de queridinhos do meu mundo literário, antes tarde do que nunca. Apesar da minha nota acima de que "todo mundo leu a série menos eu", tem coisa melhor do que começar uma série que você tem quase certeza que te deixará viciada e saber que já tem todos os livros lançados ao alcance de suas mãos? Neste caso eu não vou sofrer, não vou ter crise de abstinência e nem nada do gênero. Estou muito feliz por isso! Se preparem que cada mês eu vou trazer a resenha de um destes vampiros deliciosos para vocês. 


Comentários
4 Comentários

4 comentários

  1. Kkkk eu também nunca li nadinha dessa serie, mesmo todo mundo adorando e super elogiando. Mas esses dias vi em uma lista de leituras e me interessei pelo título, e depois pela historia. Adoro lutas de vampiros, anjos e todas essas coisas.
    Uaau, eu adorei a resenha e todo o romance que o livro reserva, eu também adoro tudo isso! Com certeza ainda vou ler essa serie, que é enorme kk

    ResponderExcluir
  2. Olá Diana,
    Também fazia parte do grupo "todo mundo leu a série menos eu" hahaha, a série IAN também estava na minha lista de leitura há um bom tempo. Mas finalmente li o primeiro volume semana passada, ou melhor dizendo, devorei o livro! Li em dois dias, pois não conseguia largar o livro, e já estou prevendo que será uma série viciante. Minhas expectativas estavam lá em cima quando iniciei a leitura, e a sensação que tive ao terminar foi de alivio, amei o enredo criado, muito bem escrito, e o que falar desses personagens? Esses machos alfas já estão na lista dos meus crushes literários hahaha. Eu também quero muito mais! Vou ler o segundo livro daqui uns dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Faço parte de grupo "Todo mundo leu a série menos eu" rsrs, ouvi todo mundo falando da série e sempre me interessei mas nunca peguei pra ler, a série é bem grande. Lendo essa resenha me deu uma vontade de me atirar no mundos dos vampiros e conhecer Wrath e dos outros vampiros. Vai pra minha lista de leitura já!!!! Sei que não vou me arrepender.
    bjs!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu realmente amo livros de vampiros e já vi muita gente falar bem dessa série, mas ela é tão grande que confesso que tenho preguiça de começar a ler por achar que vou acabar me atrasando nas minhas outras leituras. De toda forma, vou ficar acompanhando as resenhas. Quem sabe não acabo me empolgando?

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts