Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Paixão Libertadora, Volume 2 da Série Desejo Proibido de Sophie Jackson @EditoraArqueiro

11.5.16

Será possível curar um coração partido com um novo amor?
Segundo livro da trilogia Desejo Proibido – que teve mais de 4,5 milhões de visualizações on-line –, Paixão libertadora é uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances.
Max O’Hare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.
É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado.
Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...
Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.

Max foi apresentado nos dois primeiros livros desta série e desde o primeiro momento eu ansiava pela sua história de amor. Embora este livro possa ser lido de forma independente, eu aconselho que você leia Desejo Proibido primeiro porque ele vai dar uma visão sobre os outros personagens mencionados aqui e os acontecimentos que levaram até onde a luta de Max começa. Ele está no fundo do poço quando seu melhor amigo Carter praticamente o obriga a ir para a reabilitação. Através de terapia com um psicólogo e da arte, Max fica livre da dependência por cocaína e é autorizado a deixar o lugar com a condição de manter o tratamento do lado de fora.

Ele é um homem danificado e a autora foi capaz de mostrar as falhas dele de uma maneira que a gente fica com vontade de abraçá-lo. Ele quebra seu coração e você torce para que ele se livre para sempre do vício. Quando Max perdeu Lizzie e seu filho, fechou-se para o amor e a partir do momento em que sai da reabilitação, tem dificuldades para descobrir como encaixar-se de volta a sua antiga vida. Seus amigos querem ajudá-lo a ter sucesso e ele decide deixar a cidade para se encontrar como homem. 

É nesta nova cidade que ele conhece Grace que como ele, tem seus próprios problemas para lidar e não tem a intenção de conhecer alguém nem de sentir nada. Ela teve um ex-marido que a deixou fisicamente e emocionalmente marcada por agressões e ficou com medo de enfrentar um novo relacionamento. Isto até conhecer Max. Sexy, gentil e misterioso, ela simplesmente não consegue ficar longe dele mesmo correndo o risco de perder uma amizade que se tornou tão importante para ela. Com Max, ela se sente a vontade para abrir seu coração enquanto está retomando o controle da sua vida em uma nova casa, com novos amigos e uma oportunidade incrível que vai fazer decolar a sua carreira como fotógrafa.

Eles se tornam amigos em primeiro lugar, aprendem a confiar um no outro e a ter esperanças. Mal se dão conta e a relação evolui para algo não só sexual, mas também muito especial. Aqui temos um romance sobre perda, sobre cura e recuperação e obviamente sobre a libertação de duas pessoas com uma bagagem imensa. Ambos têm razões para ficar longe de compromisso e intimidade e precisam de alguém para aliviar o fardo. Além de momentos pesados também houve momentos leves e divertidos que tornaram a leitura maravilhosa. Foi fantástico ver a interação e as brincadeiras destes dois. Isto sem mencionar a química, cenas deliciosas e quentes!!! O destaque fica por conta da maturidade de ambos, que são honestos sobre seus sentimentos. Erraram ao longo do caminho, mas corrigiram estes erros e aprenderam com eles.

Eu realmente achava que iria gostar tanto deste livro quanto eu gostei do anterior, mas isto não aconteceu, talvez porque eu tenha começado a leitura com altas expectativas. Carter e Kat continuam sendo meu casal queridinho e ao contrário do que eu esperava, vemos muito pouco deles aqui, o que me deixou decepcionada. Eu tenho que dizer que eu espero ansiosa para que tanto Tate como Riley tenham sua própria história. Eles foram essenciais na recuperação de Max e eu ri muito em alguns dos diálogos que estes três tiveram ao longo da trama. Com certeza virei uma fã de Sophie Jackson. Ela sabe escrever de um jeito que realmente te conquista. Envolve o leitor do início ao fim, mesmo que este início seja um pouco lento, você sente que vem coisa boa nas páginas seguintes e por isso continua lendo, derramando lágrimas, ficando com raiva e se apaixonando por todos os personagens. 



Comentários
5 Comentários

5 comentários

  1. Ameiiiiiiiiiiiiiiii... Ai eu termino de ler sua resenha e tenho vontade de reler o livro que por acaso terminei de ler ontem kkkkkkk. Diiiii parabéns, você captou a essência da história.Também senti falta de mais da Kat e do Carter no livro. Estou ansiosa pelo próximo lançamento. Beijoooos.

    ResponderExcluir
  2. Que eles são lindos, isso eu imagino viu. E que formam um casal maravilhoso, não tenho duvida. Adoro quando o amor é uma via de salvação e com ele traz um desejo quente, adoro esses livros, por isso que esse me chamou tanto a atenção.

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li o primeiro livro embora minha colega so fale elogios sobre ele, sabe por esse tempos eu me decepcionei altamente com o livro a Coroa por ter altas expectativas e acho que a melhor forma de começar um livro é não ter muitas expectativas o que é quase impossível se levarmos em conta quando e tem a escritora alta conta. Bem que pena que não gostou tanto desse livro quem sabe no próximo volume.

    ResponderExcluir
  4. Oi Já li o primeiro volume da série, não lembrava muito do max, mais conforme você foi falando dele eu fui lembrando de como ele apareceu no primeiro liro, confesso que no primeiro livro fiquei com vontade de esganar ele não de abraça-lo, apesar de entender seus motivos. Quero sim dar continuidade a série assim que tiver oportunidade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Estou com o primeiro livro dessa serie, mas ainda não tive tempo para ler, lendo essa resenha achei esse livro mais denso que o primeiro principalmente pela historia do Max, achei bem interessante como esse livro fala sobre segundas chances e gostei desse casal que parece conquista o leitor, assim que ler o primeiro livro quero muito ler esse !!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts