Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Ligeiramente Maliciosos, Série Os Bedwyns Livro 2 de Mary Balogh @EditoraArqueiro

16.5.16

Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.
Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.
Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?
Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.
Muito melhor que o primeiro!!! Mil vezes!! Fiquei encantada com este casal maravilhoso que não deixou nada a desejar. Uma coisa eu tenho que ressaltar, ainda bem que a Arqueiro mudou o título do livro para algo bem mais condizente que o original. Este mocinho não tem nada de perverso! Nem Wulf, o Duque de Bewcastle, com aquele jeito fechado, sério e devotado aos seus irmãos se encaixaria nesta definição, tanto que o titulo do ultimo livro será “Ligeiramente Perigoso”. Perfeito!

Judith não tem esperanças de um bom casamento e nem pode sonhar em realmente fazer aquilo que ama que é ser atriz. Para os costumes da época e pelo fato dela ser filha de um reitor religioso, isto seria um escândalo. Designada pela família para ir morar na casa da tia a fim de cuidar da avó, ela sofre um pequeno contratempo com o transporte que a levaria ao seu destino e para salvá-la, eis que aparece um verdadeiro cavalheiro de armadura brilhante!! Brincadeira gente, Rannulf está apenas passando no momento com o seu cavalo e decide levá-la junto com ele para buscar ajuda em uma cidade próxima.  Sem conseguir resistir a mulher que está diante dele, Ralf é o responsável pelo primeiro beijo dela, que é simplesmente arrebatador!!

Não acreditando que vá ter outra chance de viver uma grande aventura em sua vida, Judith não revela sua verdadeira identidade e deixa que Rannulf (mais conhecido como Ralf) acredite que ela é uma atriz a caminho de Londres. Ela finge ser uma mulher experiente apesar de ainda ser virgem e ele por sua vez, também não revela que é um Bedwyn. Após passar dias maravilhosos nos braços um do outro, Judith vai embora sem se despedir, deixando Ralf arrasado e com raiva. Ela só não contava que, dias mais tarde, eles fossem se reencontrar na casa da família dela. 

Para honrar uma promessa que fez a avó que está com a saúde debilitada, Ralf precisa de uma esposa. Sua avó também deseja que ele assuma os negócios que vai herdar e por isso ele aceita cortejar Julianne, que nada mais é que a prima (linda e deslumbrante) de Judith. Uma ênfase no “linda e deslumbrante” porque Judith não acredita que também seja bela. Desde que consegue se lembrar, seu pai sempre a repreendeu por usar seus cabelos lindos soltos alegando que era feio e chamava a atenção dos homens de maneira inapropriada. Isto fez com que ela considerasse todos os seus atributos uma coisa vulgar e passasse a vida inconsciente da própria beleza. Ralf é o primeiro a notar e não só a beleza exterior, Judith é inteligente, talentosa, espirituosa e uma boa ouvinte. Ao se abrir com ela, Ralf consegue entender que é hora de assumir suas responsabilidades como herdeiro e encontra um objetivo de vida valioso.

Não tem como não comparar um pouco esta história com da Cinderela. Enquanto Judith é tratada de forma abominável pela tia, obrigada a servir, usar roupas fora de moda que a fazem parecer mais gorda e mais velha e estar sempre com o cabelo coberto com as toucas mais horríveis, sua prima Julianne é tratada como uma princesa prestes a fisgar um bom partido. Durante as visitas que Ralf faz para cortejar Julianne, Judith acaba sempre se encontrando com ele em situações constrangedoras e o conhecendo melhor. Quanto mais tempo passa ao seu lado, mais certa ela fica que ele é o homem da sua vida, ao passo que Ralf tem cada vez mais certeza de que Julianne não é a mulher certa para ele. 

Uma vez que Judith e Ralf descobrem suas verdadeiras identidades, não sabem o que fazer com a atração que sentem. Ralf porque está cortejando Julianne e ela porque não acredita que o relacionamento seja viável com ele sendo o filho de um duque e ela uma pobretona. Ele não compartilha destes mesmos pensamentos e nas muitas vezes em que saiu em sua defesa, mesmo antes de admitir estar apaixonado, me comoveu muito. Judith não quer nada menos do que romance verdadeiro, um casamento por amor e por isso recusa a proposta horrível de casamento que Ralf faz assim que fica ciente que desonrou uma dama ao invés de uma mulher experiente. Por este e por outros motivos, Judith entrou na categoria de mocinhas favoritas deste gênero. Mesmo pobre e sem um futuro promissor, ela é uma mulher de princípios e não deseja o dinheiro e o status que um homem com a influência dele poderia oferecer.

Entre viver com duas bruxas (tia e prima) que a humilham, um primo cafajeste que vai trazer muito problemas no decorrer do enredo, se preocupar com o próprio irmão que está totalmente endividado e ter que aceitar que nunca terá Ralf para si, Judith passa maus momentos até ter seu merecido final feliz digno de um conto de fadas. “Ligeiramente Maliciosos” é um romance delicioso, emocionante e divertido. Nada mais fofo do que um homem que mostra o seu amor por sua avó e nesta história, tanto a avó de Judith – que era a única que a defendia e valorizava – quanto a avó de Ralf foram incríveis. Uma determinada cena em que Judith salva Ralf de uma armadilha foi um dos pontos altos da trama.

Ralf é um cavalheiro, os diálogos do casal são fantásticos e eu estou amando a escrita da Mary Balogh. As cenas de sexo e de beijo não são tão sensuais e de tirar o fôlego como as que Julia Quinn escreve, mas assim como acontece com a série Bridgerton, as minhas partes favoritas são quando a família inteira está envolvida. Eu não vejo a hora de ler o livro do Wulf, especialmente depois de ver como ele interfere no final deste de uma forma espetacular. Como Julia Quinn, Mary Balogh criou uma série apaixonante e a partir do momento que você inicia a leitura, não consegue parar até a última página. Extremamente recomendado!!


Comentários
3 Comentários

3 comentários

  1. Ah, esse romances de época são tao lindos ne ? Já li esse e adoro a escrita da Mary, ela faz com que a serie Os Bedwyns seja repleta de aventura e muito romance. Adoro quando os personagens, principalmente os homens, se vêem apaixonados, é tao linda descrição que nós mesmo sentimos, não é? Essa serie é mesmo uma delícia de ser lida :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Diana!
    Já li a série em inglês e amei ela! Tbm achei esse mil vezes melhor que o primeiro! Tbm acho que a mudança tanto de títulos como de capas ficou muito boa. Amei esse casal!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Li essa historia e simplesmente adorei, assim que li a sinopse desse livro ele logo me conquistou, gostei muito desse começo e principalmente do reencontro dele que é bem interessante, foi uma historia que gostei muito e com certeza não tem como não lembrar de Cinderela e gostei da mudança do titulo com certeza tem mais a ver com a historia !!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts