Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | Eles Merecem a Morte de Peter Swanson @GloboLivros

21.5.16

Ted Severson e Lily Kintner se conhecem na sala de espera do aeroporto de Heathrow, em Londres, aparentemente de maneira casual. Embalados por drinques despretensiosos e motivados pelo longo atraso no voo noturno que os levará de volta a Boston, os dois iniciam uma estranha brincadeira de revelar grandes segredos um ao outro. Então, Ted acaba falando sobre a traição de sua esposa, Miranda, e da vontade que sente de matá-la. Curiosamente, Lily se prontifica a ajudá-lo, o que faz com que um improvável relacionamento seja selado entre eles. Enquanto os planos de Ted e da enigmática Lily tomam forma, Miranda e seu amante Brad também traçam seus próprios estratagemas. Assim se inicia uma perigosa e mortal corrida contra o tempo, em que será preciso estar sempre dois passos à frente dos oponentes para sobreviver. Para tornar a vida dos protagonistas ainda mais difícil, Henry Kimball, o empenhado detetive da polícia de Boston, começa a seguir os passos de todos eles, tentando juntar as peças de um quebra-cabeças que a princípio parece sem solução. 


Aquele momento em que você lê um livro que te faz torcer pelo assassino!! Quão louco é isso?? Olha, eu devo que confessar que tenho medo deste tipo de livro, sou uma pessoa muito impressionável e não costumo ler o gênero por este motivo, mas ao ler esta sinopse eu não resisti. Fiquei muito curiosa e a leitura não decepcionou em sua maior parte posso dizer. 

Houve um acontecimento aqui que eu gostaria que tivesse sido diferente, fiquei esperando o autor revelar que estava enganando a todos os leitores no final, mas infelizmente, este não foi o caso. Até um Thriller psicológico eu estou querendo romantizar vê se pode e é claro que não seria do jeito que eu imaginei. Não tem romance aqui, apenas intrigas, ódio, vingança, traição e assassinato. Leia preparado para isso.

Dividido em três partes: As regras dos bares de aeroportos; A casa inacabada e Esconda bem os corpos, esta trama é tão empolgante e angustiante que ao mesmo tempo em que estava ansiosa pelo desfecho, também estava morrendo de medo dele. Os devaneios e a frieza da Lily conseguem causar mais arrepios do que as mortes em si. 

Lily é filha de um conhecido autor e desde antes de ser uma adolescente já considerava o assassinato uma coisa normal, o que me fez pensar se todo assassino raciona assim. Comete um crime, vai para casa, pede comida, toma banho, tira uma soneca e não fica com um pingo de peso na consciência. Tudo é aceitável, ela defende tudo que faz dizendo a si mesma que a pessoa merecia morrer e enquanto nada é descoberto, nenhum crime foi cometido, se ninguém vai sentir falta desta pessoa então o ato é totalmente justificado.

O livro intercala os pontos de vista de Ted, o marido traído, Lily, a desconhecida com quem ele se abre no aeroporto e que se transforma na sua cúmplice e quase na metade do livro conhecemos o ponto de vista de Miranda, a esposa infiel.

Eu adorei este livro. Apesar das várias descrições desnecessárias de alimentos e objetos que o autor faz que davam a impressão que ele queria mesmo era “encher linguiça”, foram tantas reviravoltas e revelações chocantes que os meus olhos ficaram colados nas páginas. Os motivos que levam cada um a fazer tal coisa é revelado aos poucos e o final foi fantástico!! A resposta para o ditado que diz: “não existe crime perfeito”!! 

Onde Comprar: Saraiva Cultura Fnac 


Comentários
6 Comentários

6 comentários

  1. wow, fiquei na vontade de ler esse livro. gosto muito de livros assim, e faz tempo que leio um thriller psicológico :)
    thanks pela resenha, quando eu puder, leio!
    beijsssssssss

    ResponderExcluir
  2. Ooxe, que livro mais doido é esse ? Você encontra uma pessoa e do nada traça planos de assassinato?? Com certeza deve ser um livro muito bom pra poder juntar essa história hein. Que bom que gostou dele :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não Bruna, tudo tem um motivo como mencionei, só não podia dar muitos detalhes na resenha para não estragar nada para quem nem leu ;) bjs

      Excluir
  3. Fiquei com uma pulga atrás da orelha com relação a esse livro, não faz o meu gênero de livro sou mais do ripo amorzinho que gosta de um bom romance mas eu tenho que admitir que como você estou quase resistindo a tentação e me arriscando nessa leitura. Gostei da resenha e espero gostar do livro tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  4. Oi Diana!
    Realmente é muito louco torcer pelo assassino, eu tbm não curto muito esse gênero. Não gosto muito de livros descritivos tbm, e mesmo parecendo ser um livro que me faria começar pelo gênero assim como você não me empolguei tanto com ele.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, pela resenha parece ser um livro interessante e fiquei curiosa para conhecer a escrita do autor pois ele consegue criar um vilão que realmente o leitor acaba torcendo me deixando curiosa, mas esse não é o tipo de livro que gosto de ler !!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts