Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Resenha | A Morte de Sarai, Na Companhia de Assassinos Livro 1 - J.A. Redmerski @sumadeletras_br

8.1.16

A autora do best-seller de "Entre o agora e o nunca" e "Entre o agora e o sempre" traz uma história de paixão e sobrevivência. Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo. Em “A morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.
Olá pessoal, tudo bem? Este livro é um dos que estavam na minha Meta Skoob e tinha muita curiosidade sobre ele. Considerado um romance dark (saiba mais aqui), ele conta a história de Sarai, que tinha apenas quatorze anos quando sua mãe foi morar no México com um traficante chamado Javier. Com o tempo, ela esqueceu o que era viver uma vida normal, no entanto, sempre teve esperanças de escapar do complexo onde ficou em cativeiro durante os últimos nove anos. Sua mãe morreu em consequências das drogas e Javier desenvolveu uma estranha e obscura obsessão por ela. Lá ela viveu cercada por brutalidade, abuso e violência.

Quando Victor aparece neste complexo a fim de fazer negócios com Javier, Sarai vê nele a sua chance de ficar livre e voltar ao seu país. Em um primeiro momento, Victor não está feliz em ter esta garota como um fardo, não vê sentido em ajudá-la, mas a medida que vários acontecimentos se desenrolam, ele desenvolve um instinto protetor que nem sabia que tinha e encontra-se disposto a arriscar tudo para mantê-la viva. Ele é um assassino a sangue frio, lhe é dada uma missão e ele cumpre. É o melhor no que faz. É quieto, disciplinado, intimidante, profissional. Passou a vida cercado por mortes, não se apega a nada e a ninguém. Especialista em não demonstrar emoções e além de tudo podre de rico. Não se desculpa pelo que faz em nenhum momento, ele é o que é e ponto final. Sua história de vida não foi fácil e ele é honesto sobre isto. Junte a isto tudo o fato dele também ser muito perigoso e sexy. UAU!!

Por Sarai, ele quebra algumas regras, apesar disto, é um homem focado em seus objetivos, em completar suas missões e está sempre a um passo a frente dos seus inimigos. Se envolver com uma mulher não passa pela cabeça dele, ele sabe que um relacionamento não se encaixa na vida que leva. Isto até conhecer Sarai. Ele sabe que ela corre riscos com ele, os conflitos são imensos em sua mente e é improvável que suas habilidades com armas possam garantir a vida dela. Sua relação com o seu único irmão, que não concorda com as suas atitudes e é a sua única família, fica abalada. Várias pessoas querem Sarai morta e ao passo que eles se conhecem melhor, descobrem que tem muito em comum. Ele sabia melhor que Sarai o que era o maior benefício para ela e achei isto maravilhoso nele. Ele entende o comportamento dela desde o começo, sabe por que ela faz e diz certas coisas às vezes, não a julga, não faz promessas e nem brinca com seus sentimentos. Duas pessoas danificadas, fortes e realistas, os que as tornam perfeitas uma para a outra.

Sarai é extremamente forte para uma garota da sua idade. A vida que levou poderia tê-la quebrado completamente e mesmo assim ela é a única que consegue romper as defesas de Victor. Uma personagem corajosa e esperta quando se trata de tentar sobreviver. O diálogo com Victor é difícil, mas ela não se deixa abater e a atração que começa a sentir por ele, faz com que ela questione a sua sanidade.  A sua nova vida começa cheia de desafios e ela não pensa duas vezes sobre o seu destino. Ganhou a liberdade e sabe exatamente o que fazer com ela. Deixa Victor confuso sobre suas ações, ao mesmo tempo que ele começa a mostrar emoções e tenta achar uma forma para que ela permaneça na sua vida. 

Este livro tem tudo para não te deixar entediado. O ritmo é ótimo, com ação, suspense, romance, sexo, violência, reviravoltas e missões assassinas. O título também faz todo o sentido. A história alterna os ponto de vista entre Victor e Sarai em partes estratégicas do enredo, deixando o leitor ciente do que eles estão sentindo nestes momentos. Se você, assim como eu, está acostumado aquelas típicas histórias de amor com final feliz, romance açucarado, juras de amor eterno e tudo mais, eu te aviso que esta não é uma delas. Muito pelo contrário, há muita tensão, morte, cenas que te fazem roer as unhas a espera do que está por vir e o “final” deste primeiro volume deixa muitas perguntas sem respostas. Creio que serão respondidas no próximo livro. Não é apenas sobre o relacionamento de Sarai e Victor, mas sobre a sobrevivência dos dois, suas lutas internas e externas, suas vitórias, sobre fazer o que precisa ser feito não importando as consequências. 


Clique na capa e conheça o volume 2



Comentários
12 Comentários

12 comentários

  1. Amo esse livro. Li em dois dias, achei eletrizante. Sarai é forte, determinada, mesmo depois de tudo que passou. Victor é tudo de bom, e nunca pensei que ia gostar de um personagem que não tem nada de bom. Mas acho ele sexy. O próximo livro é melhor ainda.

    ResponderExcluir
  2. Parece muito interessante. No mesmo estilo de "Sempre" de J.M.Darhower.
    Vai entrar pra minha lista!!!!

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonadíssima por esse livro ♥♥♥♥e mais ainda pelo segundo! Tô na espera pelo terceiro aiaiai

    ResponderExcluir
  4. Diana!
    Ganhei esse livro e ainda não recebi, mas quero demais ler porque parece que todo o enredo não nos deixa esmorecer.
    Quero acompanhar tudo que aconteceu com Sarai e saber como se dará esse romance.
    “Chega-te aos bons, serás um deles, chega-te aos maus, serás pior do que eles.”(Sabedoria popular)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Já li a duologia dessa autora publicada no Brasil, e amei a escrita da autora, e a história, quando soube do lançamento desse livro fiquei chateada porque não é um gênero que costumo ler, porém depois de ler sua resenha, percebi que esse livro e melhor do que eu imaginava, além da trama se diferente de tudo que já li, e muito envolvente, gostei muito, e quem sabe esse ainda leio esse livro.

    ResponderExcluir
  6. Eu que não gosto de ficar no suspense, esperei o lançamento do segundo livro pra ler hahaha, e gostei muito da história, me senti no cinema vendo um filme de ação, amor e aventura, aliás eu gostaria muito de ver essa série no cinema. Sarai e Victor são ótimos e os outros personagens também ganham vida e destaque nos fazendo querer conhecer um pouco mais de todos, claro que nem tudo foram flores, houveram atitudes que não concordei mas não tira o brilhantismo da história e apesar de não entrar pros favoritos eu gostei muito e vou continuar acompanhando os próximos lançamentos. Sua resenha tá ótima e aguardo ansiosa pra saber sua opinião sobre o segundo livro. :)

    ResponderExcluir
  7. Diana,quero muito ler esse livro já faz tempo .Na verdade sendo uma trilogia fiquei a espera do lançamento dos outros dois para começar fazer a leitura e acompanhar a trajetória de Sarai e Víctor.Gosto de saber que Sarai é forte,corajosa e esperta e a única que consegue romper as barreiras de Víctor.Legal tratar da sobrevivência dos dois .Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei em saber que o livro tm tudo para não me deixar entediado, rsrs! Como você sabe eu tenho esse livro, e desse ano ele não passa sem eu lê-lo, ganhei em um top e ate agora não arrumei tempo para lê-lo. e pra piorar a minha situação os outros livros da serie já estão chegando :o

    ResponderExcluir
  9. Oi Diana uau que sinopse maravilhosa com certeza vou ler esse livro ele parece ser bem interessante e um pouco pesado já coloquei na minha lista de leitura e você fez uma resenha incrível bjs.

    ResponderExcluir
  10. Ele ainda esta na minha meta do skoob, pretendo ler ainda esse ano, mas como sei que irei gostar quero ler esse e o retorno de izabel. Eu adoro as capas dessa serie

    ResponderExcluir
  11. Eu amo esse livro! Foi um dos melhores que li ano passado e a relação da Sarai com o Victor é uma das que mais gosto da literatura. O segundo livro também é fantástico, então recomendo a leitura o quanto antes!

    ResponderExcluir
  12. A morte se sarai é um livro bem comentado, tenho colegas que ganharam e eu vou pegar emprestado para ler.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts