Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

Resenha | Minha Vida Mora ao Lado - Huntley Fitzpatrick @EdValentina

21.12.15

“Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu observava os Garrett. O tempo todo.”
Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e...
Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe.
Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios?
Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?
Olá pessoal, tudo bem? Minha Vida Mora ao Lado é um romance contemporâneo young adult que fala sobre amizades intensas em um cenário real e um pouco dramático. Quando os Garretts se mudam para a casa ao lado de Samantha Reed, ela imediatamente fica fascinada por esta família de sete pessoas (pai, mãe e cinco filhos) com estilo de vida tão diferentes. Eles são barulhentos e desorganizados, pelo menos do seu ponto de vista. Ela mora com a mãe Grace e a irmã Tracy e na sua casa há limites rígidos impostos pela mãe, tudo é extremamente organizado e planejado. Logo no inicio do livro, Grace deixa claro que não esta feliz com a nova vizinhança e que toda sua vida irá mudar por causa deles. Ela não poderia estar mais correta.

Dez anos após observar ás escondidas a rotina de seus vizinhos, Samantha, então com 17 anos, consegue um emprego durante o verão antes de seu último ano do ensino médio. Ela não precisa trabalhar visto que sua mãe possui recursos suficientes para manter a família, no entanto, Grace exige que suas filhas tenham responsabilidades e com sua nova campanha para senadora do estado, ela quer projetar uma imagem exemplar para os seus eleitores. A família dos Garretts cresceu. Agora são oito filhos: Joel, Alice, Jase, Andy, Duff, Harry, George e Patsy. Em um dia quente, Samantha aparece no quintal deles para oferecer uma limonada a Jase que está consertando sua moto e aí começa uma bela amizade que transforma toda sua vida.

Samantha nunca conheceu seu pai, ele deixou a família antes dela nascer. Sua mãe retrata uma imagem calorosa e carinhosa para seus eleitores, em contrapartida, em casa ela é fria e rigorosa com suas filhas. Samantha decide manter o relacionamento amoroso com Jase em segredo, já que prevê, corretamente, que sua mãe não vai aprovar. Torna-se uma presença constante na família vizinha, estreitando os laços com os pais de Jase e com seus irmãos menores, pois se torna babá deles ocasionalmente. Ela leva uma vida estável e tranquila em comparação com seus vizinhos. Os Garretts são agitados e Grace tenta sempre evitá-los, muito focada em sua própria campanha política até que uma tragédia acontece. Um escândalo pode terminar sua carreira política e para ela, assumir o cargo é muito importante para o povo de Connecticut. É neste momento que começa o dilema de Samantha, ela deve fazer o que é certo e a cada dia que passa é dominada pela culpa sobre o que ela sabe. 

O que poderia ser considerado apenas uma perfeita história de verão, traz a tona assuntos sérios e o que prende a atenção é o fato de querer descobrir se o relacionamento de Samantha e Jase irá suportar a pressão, se os laços que Samantha cultiva com a própria família e com seus novos amigos serão destruídos. Os personagens secundários são profundos e incríveis e apesar de todos os seus privilégios e perfeições, Samantha é uma garota autêntica. Em vez de ser esnobe, ela trabalha em dois empregos e ajuda com a campanha da mãe. O romance com Jase é fofo e se desenvolve gradativamente. A mãe de Sam é um dos personagens chaves da história, ela não é exatamente uma pessoa má, mas nos pegamos o tempo todo discordando das opiniões dela e das suas atitudes. Seu namorado Clay e também responsável pela imagem que ela tenta projetar para ganhar as eleições não passa confiança, deixando os leitores apreensivos sobre seus próximos passos. Uma leitura agradável e cativante com um romance adolescente doce e que traz uma mensagem positiva através de seu grande dilema moral e cheio de angustia. Mais do que recomendado.



Comentários
6 Comentários

6 comentários

  1. Eu quero muito esse livro. E depois de ler a resenha quero mais ainda. Romance doce e agradável é tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. Quando esse livro foi lançado já me interessei pela leitura, além da capa ter me chamado a atenção, o título também era bem chamativo, porém não conhecia a trama da historia, e após ler sua resenha fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro. Gosto de história de retratam os problemas familiares, e seu cotidiano, e como os personagens enfrentam esses problemas, e esse livro parece retrata isso muito bem, além do romance que me parece ser bem clichê, mas que vai ter que se forte para enfrentar a família. Espero gostar da leitura, pois parece ser um livro muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de diversificar nas leituras e como você disse ao final que o livro é uma " leitura agradável e cativante com um romance adolescente doce" me deixou interessada e vou querer ler com certeza.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sabia nada sobre o conteúdo desse livro,mas achei bem bacana abordar os problemas da casa. O papel da mãe ser um pouco carrasca em casa parece deixar a história mais interesante. Espero poder compra lo
    Abçs

    ResponderExcluir
  5. Oi Diana eu nunca li nada desse escritor mas tenho lido ótimos comentários sobre esse livro, já está na minha lista de leitura, e como sempre você faz ótimas resenhas e obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  6. Uma leitura agradável e cativante parece o tipo de leitura para as férias, então como quero ler livros do gênero YA ,vou conecar por Minha Vida Mora Ao Lado.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts