Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

Negligência Familiar - Abandono Material e Afetivo

30.10.15


O que é negligência familiar?

Podemos dizer que nada mais é que uma situação de constante omissão dos pais e/ou familiares responsáveis para com a criança ou adolescente, situação essa que coloque em risco o seu desenvolvimento.

A negligência não é caracterizada apenas pelo abandono material, mas também o afetivo, como no caso de Proibido. A mãe de Lochan e Maya, sempre deixava um cheque ( ainda que o valor não fosse suficiente) para as despesas básicas, mas nunca estava presente para resolver problemas escolares, dar carinho ou para prestar auxilio no que quer que fosse. 

No Brasil, a negligência familiar lidera o ranking de violações nos conselhos Tutelares. Dos casos de problemas de convivência familiar levado aos conselhos tutelares, quase 47% se refere a negligência dos pais.

A pratica da negligência não é tipificada pelo código penal, logo quem a pratica não pode ser punido. Mas esse é um caso serio a se pensar. A violência física, os maus tratos, sempre começa de algum ponto e muitas vezes a origem de tudo, pode se encontrar na negligência. 

Então galera, vamos conscientizar nossos familiares, vamos mostrar a importância e participar ativamente da vida dos filhos, eu sei que muitas vezes é difícil encontrar um tempo para dar atenção no meio de um dia a dia cheio de afazeres, muitos precisam do auxilio de uma babá ou de creche, mas vamos lembrar que o responsável pela educação e formação do seu filho é você.

O papel da população é essencial no sentido de denunciar práticas criminosas contra crianças e adolescentes. "É preciso romper com o pacto de silêncio que encobre as situações de abuso e exploração contra crianças e adolescentes. Não se pode ter medo de denunciar. Essa é a única forma de ajudar essas vítimas" enfatiza o coordenador do Disque-Denúncia.

Ainda que você saia de casa cedo e chegue muito tarde, arrume um tempo para brincar com seu filho no final de semana, leve-o ao cinema, ao teatro, ajude com a lição de casa, vá aos eventos da escolinha, são coisas tão pequenas, mas que no futuro terão um grande retorno.  
"As obrigações são muitas. Tiffin precisa de uma calça nova, Willa de sapatos novos, as contas a pagar vão se empilhando, mamãe perde de novo o talão de cheques. Maya limpa, ajuda com o dever de casa, põe as crianças para dormir, eu faço as compras, cozinho, separo as contas, busco Tiffin e Willa na escola. Ninguém consegue domar Kit."

Talvez eu não deva colocar o abandono familiar como o exclusivo responsável pela paixão entre Lochan e Maya, mas acredito que contribuiu de fato para que tudo acontecesse de forma tão intensa. O pai deles abandonou a família, deixando a mãe com cinco filhos. A mãe por sua vez, tornou-se uma alcoólatra que não cuida dos filhos, só lembra de deixar um cheque e vive perambulando pelas ruas atrás de homem. 

Por consequência disso Maya e Lochan se tornam o pai e a mãe de deus irmãos, eles tomam conta de tudo para que nada dê errado e para evitar que o conselho tutelar pegue todos e os separe. Por isso acho de grande relevância nós abordarmos um pouco o tema “negligencia familiar”





Espero que tenham gostado do Especial. Fiquem ligados nas redes sociais para mais informações sobre a obra.




Comentários
6 Comentários

6 comentários

  1. Recentemente vi um caso aqui no meu estado, da mãe deixar as filhas terem machucados na cabeça, até chegar numa situação onde elas tinham tapuru. Ou seja, a mãe não estava nem aí para cuidar das filhas, tanto é que chegaram a esse estado. Infelizmente muitos pais não estão nem aí para seus filhos, não dão atenção, carinho nem nada. Espero ver mais pessoas se conscientizando de que dar amor aos filhos é importante para eles, é para todos!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Acho que foi o único livro que li e chorei de verdade. Compreendi o que aconteceu. É difícil, mas Compreendi.

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ler esse livro ontem e já nos primeiros capítulos percebi todo o abandono afetivo por parte dos pais, especialmente a mãe.
    É um tema muito sério e seu post foi muito informativo.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Diana, eu não sabia ao certo o que, verdadeiramente, era a negligência familiar, e foi uma surpresa para mim também saber que este assunto delicado é abordado neste livro. Mas, o mais assustador para mim foi este fato liderar os rankings do Brasil, uma triste situação. Com certeza, a criança e o adolescente desenvolve traumas com este abandono afetivo e material. Tema delicado!

    ResponderExcluir
  5. Diana,a omissão familiar dos pais e /ou responsáveis é uma das coisas mais tristes que pode acontecer e isso pode afetar a vida de uma pessoa para o resto da vida dela.Realmente o abandono material e ruim,mas afetivo é bem pior.Infelizmente em nosso país esse tipo de coisa está liderando o ranking.Concordo,as pequenas atitudes no futuro representam os grandes retornos e realizações.Não li o livro Proibido,mas concordo que o abandono fez com que aumentasse a intensidade do que ocorreu entre Lochan e Maya.Mil beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  6. Sou estudante de psicologia e entendo muito bem, como a negligência familiar influência na vida dos filhos, que muitas das vezes acabam tomando atitudes errada. Tenho acompanhando a semana falando sobre esse livro e cada vez mais tenho tido mais curiosidade em ler.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts