Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Sem Vergonha - Julianna Costa @univdoslivros

20.10.15

Julianna Costa, autora de 23 noites de prazer e 4 semanas de prazer, lança seu novo romance, Sem Vergonha, que traz Mina Bault e Ryker Strome em uma intensa e perigosa fuga pela Europa. Mina é uma jovem bem-sucedida profissional e academicamente. No entanto, nem todos os setores de sua vida possuem tanto êxito, pois sua virgindade continua intacta mesmo após tantas tentativas de perdê-la. Então, Mina contrata um garoto de programa para enfim solucionar esse pequeno "problema". Após alguns incidentes bem inusitados entre quatro paredes, Mina decide voltar para casa. No caminho, ela e Ryker– o garoto de programa – se tornam testemunhas de um crime cometido pela máfia russa em Paris e, consequentemente, se tornam alvos dessa organização. Essa única noite terminará com os dois fugindo para a Holanda a fim de salvarem suas vidas. Contudo, apesar do perigo eminente, ambos se deixam envolver por uma atração avassaladora e talvez a noite de Amsterdã seja muito convidativa para que Mina tente, mais uma vez, entregar-se de corpo e alma a Ryker.

Olá pessoal tudo bem? Antes de começar a resenha eu tenho que confessar que fiquei muito frustrada por saber, apenas no final da história, que o livro não é único. Sério, fico louca da vida quando não é informado isto na capa ou na divulgação que seja, tem que ser informado em algum lugar para o leitor saber se quer ou não começar a leitura. A informação está apenas na orelha do livro e tenho certeza que muita gente nem presta atenção nisto quando compra. O próximo livro que dará continuidade a aventura do casal se chamará "Sem Pudor"

Mas, enfim, a história é ótima. Quando você lê a sinopse imagina um clichê total de uma virgem com um garoto de programa. Só que se surpreende a cada capítulo. Com um enredo envolvente e um casal que tinha tudo para dar errado pelas diferenças de personalidade gritantes, você se pega torcendo por eles do começo ao fim.

O diferencial já está no nome da protagonista e tudo começa com ela tentando solucionar seu "problema" contratando um garoto de programa por influência da melhor amiga descolada. O que deveria ser uma coisa simples, acaba em desastre de duas maneiras. A primeira com ela quase mutilando o coitado no processo e a segunda quando, sem querer, eles testemunham um assassinato executado por ninguém menos que o chefão da máfia.

Decididos a permanecerem vivos, eles viajam e se refugiam em uma boate de strip-tease onde Ryker já trabalhou e conhece todo mundo. Tendo um pai influente na política, Ryker espera que ele o ajude a sair desta e até confirmar se isto realmente vai acontecer, este dois passam dias dormindo ao lado um do outro em um jogo cheio de sedução, amor e ódio.

Com o ponto de vista do casal, este romance é hilário, sensual, erótico e recheado de suspense. Mina é maníaca por controle, enquanto Ryker vive cada dia como se fosse o último. Super a vontade com sua sexualidade, ele tenta fazer com que Mina perca o medo de se entregar e no decorrer da trama acaba se descobrindo apaixonado por ela.

Entre tapas, vários beijos e preliminares infinitas com Ryker, fazer uma corrida seminua pela cidade para salvar a vida dele, se tornar a gerente da boate em Amsterdã, protagonizar um show de quase strip-tease que vira a maior atração da casa com direito a milhões de postagens no Twitter e virar alvo de um excêntrico colecionador de peças raras, Mina vai lutar para resolver sua situação, sem perder o coração para Ryker no processo.
"... desejei voltar no tempo. Voltar para quando meu maior problema era perder a virgindade."
Ryker lida com os medos, inseguranças e curiosidades de Mina de uma maneira tão fofa que é impossível não se apaixonar por ele. As cenas hots demoram a acontecer e quando acontecem não decepcionam. Para mim foi a coisa mais aguardada do livro todo e tive minis ataques cardíacos até se concretizar. Os personagens secundários também foram incríveis. Agora é esperar para saber o que os aguarda na sequência.


   Saraiva



Comentários
7 Comentários

7 comentários

  1. Apesar desse livro aborda um gênero literário hot, gostei bastante da história, acho que o livro vai se desenvolver de uma maneira muito quente, e tensa, curti bastante, parabéns pela escrita da autora.

    ResponderExcluir
  2. Ooooi! Então, eu já li livros no estilo hot, mas tenho dado um tempo... Não me atraem tanto agora a leitura :/ esse livro parece ser legal, mas algo me incomodou na personagem principal, ela parece ser bem egoísta, não sei se é o que ela realmente é, mas na leitura da resenha me passou essa impressão, mesmo que ela faça coisas para ajudar o rapaz, senti ela egoísta.
    A resenha está ótima, claro! Beijooos.
    www.thoughtsandadventures.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiê
    meu blog é parceiro da autora, mas o único livro que li dela foi Agnus Dai, que foi mais do que top. Agora já essa nova Vibe dela de livros eróticos eu não li nenhum dos três já publicados
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Diana, o clichê do livro sobre a relação de uma virgem e um garoto de programa já me desagradou. Ao decorrer da resenha não consegui identificar nenhuma inovação em relação a este quesito. Outro ponto importante para a minha não aceitação a este livro é o seu gênero erótico. Embora tenha uma capa linda, Sem Vergonha não me cativou.

    ResponderExcluir
  5. Diana,que trama diferente ,uma mulher querendo ter sua primeira noite se envolvida junto com o garoto de programa contratado por ela em um crime que ambos presenciam.Que chato não ser um livro único.Realmente esse casal é completamente inusitado além de ver um crime cometido pelo chefão de uma Máfia. Legal a narrativa ser do ponto de vista do casal,gostei de saber que tem suspense no meio de tudo.Imagine a mocinha ter que correr seminua para salvar o rapaz.Saber que Ryker lida com os medos,inseguranças e curiosidades e curiosidades de Mina de uma maneira fofa é realmente apaixonante.Mil beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa. A história do livro parece ser boa, mas como não curto livros hot, não me interessei por esse livro, pois não faz muito meu estilo.

    ResponderExcluir
  7. Oie entao, eu só leio livros eroticos, não estilo kama sutra mais iguais fifth shades of gray, que tenham uma boa historia romantica. Li 23 noites de prazer ano passado, e foi um dos melhores que eu li, e olha que eu li bastantes 39 ao todo.. Estou louca para ler sem vergonha, parece o tipo de livros perfeito pra passar a madrugada em uma aventura mais sem ser na televisao.. Obg adorei..

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts