Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Armas da Sedução - Livro 3 da Série Homens Marcados de Jay Crownover @VREditorasBR

19.10.15



Rome Archer é um herói de guerra, mas acabou de deixar o exército e está completamente perdido.
O mais velho e musculoso dos irmãos Archer tornou-se um animal selvagem e precisa de alguém que o pegue de jeito.
A desbocada gerente do estúdio de tatuagem Homens Marcados, Cora Lewis, sempre soube manter os rapazes na linha.
Mas, por trás de toda sua atitude e jeito descolado, ela sonha em encontrar o amor perfeito.
As tatuagens cheias de cores espalhadas pelo corpo dela contrastam com as cicatrizes na pele dele.
Há uma grande tensão entre os dois… E quando mundos tão opostos se juntarem será como uma explosão de fogos de artifício: intensa e colorida.

Tinha que ter sangue Archer né? Difícil decidir qual dos dois irmãos é o melhor, mas pela sucessão magnifica do casal, Rule e Shaw ainda são os meus preferidos. No entanto, não tem como não se apaixonar por Rome, este homem lindo, musculoso, forte e ao mesmo tempo tão quebrado.

Quem está acompanhando a série já conhece a Cora, uma mulher exótica com um olho de cada cor, sem papas na língua e que trabalha no estúdio de tatuagem de Rule junto com Rowdy e Nash que também terão suas histórias contadas posteriormente. Ela sofreu uma grande decepção amorosa no passado e desde então vive em busca do Sr. Perfeito, ainda mais depois de ver a felicidade das amigas com seus respectivos parceiros. 
"É difícil até de lembrar como era aquele meu mundinho chato e cinzento antes de a Cora invadir minha vida e derramar cores por todos os lados. Tudo o que eu mais quero é cuidar dela, ficar com ela."
Rome é o irmão mais velho de Rule, está de volta em casa depois de servir no exército, sofrer uma lesão e ser o único sobrevivente de sua equipe. Tudo isto causa nele um sentimento de culpa e impotência. Vivenciando o chamado estresse pós traumático, ele tem pesadelos recorrentes, é mal humorado e amargo, desconta a sua frustração na bebida e acaba magoando todos a sua volta, principalmente Rule e Shaw.

Cora é uma mulher determinada que vai atrás do que quer. Por não aceitar o comportamento de Rome e ser aquela que não leva desaforo para casa, ela o enfrenta e faz questão de mostrar seu desagrado pelo fato dele estar machucando seus amigos. Quando ela literalmente é obrigada a carregar um Rome completamente bêbado para sua casa, o inevitável acontece, até porque, com raiva ou não, Cora não nega que se sente atraída por este belo exemplar de homem.
"Nunca tinha visto ao vivo um homem de carne e osso que tivesse aquele “v” marcado entre os quadris, com uma trilha de pelos pretos que sumia dentro da calça jeans. Só modelo de cueca, homem que sai em capa de livro açucarado e, quem sabe, atletas profissionais têm isso. Mas, ai, o Rome Archer tem."
Estes dois são totalmente opostos fisicamente, enquanto Rome é grande e não tem uma marca que ele mesmo escolheu em seu corpo lindo, Cora é cheia de tatuagens e enfeites de metal no dela, no entanto, por dentro, eles apresentam valores idênticos, amam suas famílias e amigos e fariam qualquer coisa por eles.
"O Rome é meu. Cada centímetro daquele homem imenso, imprevisível e perturbado é meu, e vou fazer o que for preciso para ele melhorar."
Foi incrível ver Rule e Rome fortalecendo o relacionamento fraterno que parecia danificado e também tentando resolver as coisas com toda a família. Tanto Cora como Shaw tiveram uma participação decisiva nisto o que você vai ver no decorrer do enredo. Como em todos os outros volumes,este contou com uma bela playlist. 
"A Cora é divertida, fala o que dá na telha... A gente discorda em muitas coisas, mas ela me faz rir. Tenho vontade de sorrir só de olhar para ela. É tão fofa e tão sincera. Nunca fiquei com ninguém assim. É toda radiante e cheia de brilho, então não tenho a menor dificuldade para encontrá-la nas trevas que, às vezes, atrapalham minha visão."
O legal desta série como já citei na resenha do livro anterior é ver a continuidade de todos os outros personagens, seus dramas e conquistas acontecendo simultaneamente ao casal central. Asa, irmão de Ayden, consegue mostrar suas qualidades e fazer com que gente torça pelo seu final feliz. Rome e Cora tem uma química maravilhosa e o amor e a luxúria se misturam, tornando este, um belo romance. O epilogo?? Necessito do próximo livro. Que venha o Nash e sua santa enfermeira!!




Comentários
8 Comentários

8 comentários

  1. Ainda não li nenhum livro dessa serie por parecer que as histórias são bem eróticos, e eu não curti tanto, mas tenho muito curiosidade de ler os livros, porque acho as histórias de amor são tão lindas, e fico naquela leio ou não leio, eis a duvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola Lana ,Bom eu gostei!! Eu não achei muito erótico não ,achei sensacional ,já li três,maravilhoso!!1

      Excluir
  2. Ooi! Nossa, parece ser bem legal. Eu fiquei curiosa em descobrir a escrita da autora, não parece ter tanto a pegada hot, é mais um tipo de drama e conflito individual, né? Parece ter realmente uma história do casal e não só safadeza kkkkkkkkkk vou ver se leio! Bjs e ótima resenha.
    www.thoughtsandadventures.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiê
    é, parece ser um livro bem envolvente. não cheguei nem a ver comentários sobre esse terceiro livro, Você sempre parte na frente, rsrsr, parabéns pelo trabalho. Das capas, a melhor que teve foi essa dai!
    Abçs

    ResponderExcluir
  4. Diana, a série Homens Marcados está no topo dos livros que não quero ler. Com uma premissa um tanto ultrapassada, escrita nada inovadora e gênero que não curto o bastante, Armas da Sedução conseguiu me decepcionar, assim como Jay Crownover novamente. Minhas expectativas nunca foram muitas para a série, portanto ainda assim me arrependo de cada livro.

    ResponderExcluir
  5. Diana,parece ser um livro daqueles bem tensos,emocionantes e de paixão avassaladora Rome e Cora.Fiquei curiosa com o personagem Rome,que é forte e ao mesmo tempo quebrado?Já vi cachorro com olhos de cor diferente,mas é a primeira vez que vejo uma mulher com um olho de cada cor,mesmo que seja personagem de um livro.Agora entendi o quebrado,sofreu uma lesão e foi o único sobrevivente da equipe.Ainda bem que os personagens possuem valores como o amor a família e amigos.Legal poder acompanhar os dramas e conquistas simultaneamente dos outros personagens.Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  6. O que me atraiu mais no livro foi a personalidade da Cora, por ser decidida e determinada, pois eu adoro personagens nesse estilo, e não daqueles personagens que ficam de lenga lenga. Apesar disso, o enredo do livro não me atraiu. Como eu não curto o gênero, isso acabou me afetando!

    ResponderExcluir
  7. Sua resenha está muito boa, mas apesar de eu curtir livros de romance, algo na história não me agradou muito e por esse motivo, no momento, não pretendo ler essa série, mas quem sabe futuramente eu mude de ideia e resolva ler.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts