Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

[Resenha] Cinco Dias - Julie Lawson Timmer @novo_conceito

19.9.15

Até que ponto você estaria disposto a se sacrificar por amor?
Mara Nichols é uma advogada bem-sucedida, esposa e mãe dedicada. Ela está doente. Uma doença devastadora. Ela precisa colocar um fim ao sofrimento dos últimos tempos.
Scott Coffman é um professor do ensino fundamental que precisa cuidar de um garoto de oito anos enquanto a mãe do menino cumpre pena na prisão.
Mara e Scott têm apenas cinco dias para dizer adeus àqueles que amam. Essa talvez seja a maior prova de amor que poderiam dar a essas pessoas.





Cinco Dias conta paralelamente a história de duas pessoas, Mara e Scott. Mara foi recentemente diagnosticada com a doença de Huntington e decide, no momento de seu diagnóstico, que uma vez que ela chegue a um certo sintoma, irá cometer suicídio em seu próximo aniversário. 

Ela não pode suportar a ideia da sua família assistir a todos os passos horríveis do seu estado e ela não quer chegar ao ponto de não reconhecer mais seus entes queridos ou depender deles para cada necessidade. Seu marido é um dermatologista bem sucedido e entende a doença e tudo que ela vai passar a cada etapa, dá todo amor e apoio, assim como seus melhores amigos e seus pais. No entanto, ela decide por conta própria poupá-los desta agonia. 

Scott é um professor e treinador de basquete. Está há um ano sendo mentor de Curtis que promete ser uma grande estrela deste esporte. Quando a mãe de Curtis foi condenada a um ano de prisão, Scott concordou em cuidar do menino durante este período e agora este ano está quase no fim.

Scott se vê lutando com a dor de perder a quem ele ficou tão ligado. Com a esposa grávida de seu primeiro filho depois de muitas tentativas falhas de fertilização, ele também enfrenta a falta de apoio dela que se esforça para que ele desista logo deste fardo, como ela considera e fique tão envolvido com o novo bebê como ela está.

As duas histórias são contadas separadas e são ligadas apenas através de mensagens anônimas em uma comunidade de suporte online, onde cada um conversa e expõe seus sentimentos sem nunca se conhecer realmente. Cada um deles luta suas próprias batalhas e seus caminhos são estranhamente cruzados. Você se vê torcendo por cada um e derrama muitas lágrimas no decorrer do enredo.

Achei lindo o relacionamento de Scott e Curtis, foi incrível, mas a história se concentra mais em Mara. Eu nunca tinha ouvido falar nesta doença e vi o quão mal ela pode fazer para alguém. O que se desenvolve em ambas é um olhar sobre o quanto estamos dispostos a sacrificar por aqueles que amamos.

É aquele tipo de história que te prende desde o início, onde você se coloca no lugar do protagonista e fica imaginando o que faria se estivesse passando por tudo aquilo, que te faz apreciar os pequenos e simples momentos do seu dia a dia. Aqui você vai conferir dois personagens dizendo e fazendo coisas em situações altamente emocionais. Uma história honesta e que vai lidar com temas difíceis.

Eu senti o desespero da Mara. Não há respostas certas. Em ambas as situações há conflitos em que alguém pode se machucar. Ao mesmo tempo em que em alguns momentos eu me vi desejando ir até o fim para saber logo o que iria acontecer, eu também tinha que parar de ler. É doloroso pensar no que eles estão passando. De prender o fôlego, emocionante e real. Recomendadíssimo!



Comentários
4 Comentários

4 comentários

  1. Adoro esses tipos de livros, que faz com que a gente se coloque no lugar dos personagens, e fica se imaginando se fosse você ali o que você faria, essa tipos de livro trás lições de vida maravilhosas. Quero muito ler esse livro, acho incrível histórias que abordam situações com temas complicados.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, eu estou de boca aberta com a sua resenha, eu não achava que esse livro fosse tudo isso, já que essa capa me decepcionou muito. Acho que eu iria amar muito. Achei muito comovente a garota cometer suicido e tentar poupar a família de tanto sofrimento, em contra partida eu não concordo com ela
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei super curiosa. Nunca fui muito de ler romances mas estou começando a mudar meus conceitos.

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Eu não conheço quase nada sobre essa doença mas passar pela situação de Mara e tomar certas decisões não é nada fácil.E achei bacana a escritora desenvolver essas duas histórias paralelas que se ligam de uma forma bem diferente.Pelo jeito é um livro pra refletir e se emocionar.No momento não estou tão no clima pra isso mas já posso deixar ele anotado para ler em breve.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts