Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Na Ponta dos Pés - Brandy Colbert @VREditorasBR

8.8.15

Theodora está melhor. Voltou a se alimentar e a sair com alguns caras. Além disso, está se dedicando como nunca para se tornar uma grande bailarina profissional.
Mas o repentino retorno de seu melhor amigo, Donovan, depois de quatro anos sequestrado, lança Theo de volta aos momentos que antecederam o fatídico episódio. Surge em sua memória a lembrança do sequestrador... Donovan não fala nada sobre o que viveu no cativeiro. Dizer a verdade poderia colocar em risco tudo aquilo pelo qual Theo havia lutado: sua imagem, sua carreira, sua reputação e seu verdadeiro amor.
Na ponta dos pés é um livro arrebatador. A vida conturbada de uma jovem talentosa nos faz acreditar que a superação pode ser difícil, mas sempre há tempo para recomeçar.



Na Ponta dos Pés é incrivelmente comovente, trágico, bem escrito e com uma narrativa convincente do retrato de uma adolescente com uma auto estima abalada. Toda a sinopse gira em torno de um sequestro, o que acredito que seja o que leva o leitor a se interesssar pelo livro. No entanto, ele trata de outros assuntos igualmente devastadores como anorexia, violação, amor, manipulação, amizade, síndrome de Estocolmo, drogas e sexo.

Talvez você não vá amar ou odiar a protagonista e sim sentir muita simpatia por tudo que ela passou. Na verdade você só vai entender a dimensão disto quase no final do livro. Não é uma leitura chata apesar de demorar um pouco para te conquistar. Como eu disse, a narrativa é tão real que você consegue ver o lado completamente quebrado e escuro dentro de Theo.

Ela está atualmente com dezessete anos e tem transtornos alimentares. Quando seu melhor amigo foi raptado, ela usou a comida para lidar com a dor (mais precisamente a falta de comida). Fez dietas absurdas e escondeu de todos estes hábitos enquanto foi possível. Alguns anos mais tarde, ela se estabelece, tira boas notas, passa horas praticando para entrar em uma academia de balé de elite e começa um relacionamento com um cara misterioso e atraente que chega para substituir o pianista da academia.

Donovan, o melhor amigo dela, volta para casa depois de quatro anos e ela vai precisar enfrentar a dura realidade do que ela escondeu este tempo todo. Ela começa a se lembrar de tudo que sofreu enquanto ele esteve longe e também começa a encaixar fatos na sua mente de quem é o verdadeiro sequestrador. A dúvida é: ela denuncia ou não este velho conhecido?

O romance que ela tanto anseia não é daquele tipo que você torce pelo casal, apenas fica esperando no que vai dar. Você percebe que a personalidade dela é o produto de um passado terrível, mesmo que ela mesma demore a perceber isso.

As coisas deveriam voltar ao normal com o retorno de Donovan, mas, na verdade, é este retorno que vai revelar duras verdades e segredos enterrados na vida de Theo. Será doloroso de ler se você é um pai que teve uma criança vitima de abuso. No caso dela, os pais eram maravilhosos e atenciosos e não tinham nenhuma maneira de saber o que estava acontecendo com a filha, na época com treze anos.
"Se conseguir manter minha força de vontade com a comida, posso fazer qualquer coisa. Tipo encarar o Chris no tribunal semana que vem. Decidir o que vou falar. Sobreviver."
A força de Theo é admirável e, ás vezes, ela também que lidar com o fato de ser a única aluna negra em uma classe onde os brancos predominam, o que lhe rende alguns contratempos quando o tema é a escravidão e a Guerra Civil Americana. Destemida, disciplinada, talentosa e apaixonada, Theo é uma sobrevivente e sua história de vida vai mostrar que há esperanças e uma luz no fim do túnel. 

Uma história sobre a dar voz a seus medos, sobre aprender a amar e confiar em si mesma e nos outros no processo. Recomendado para aqueles que têm interesse em um new adult realista, com um personagem que deve enfrentar a volta do melhor amigo de um sequestro da melhor maneira possível e ainda deixar um belo exemplo no final.


Informações presentes na Nota do Editor sobre as Instituições que tratam transtornos alimentares:

São Paulo: Ambulim (Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatriado Hospital das Clínicas da  . de Medicina da Universidade de São Paulo)

Rio de Janeiro: GOTA (Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares)

Rio Grande do Sul: GEATA (Grupo de Estudos e Assistência em Transtornos Alimentares)






Comentários
7 Comentários

7 comentários

  1. Olá
    eu ando acompanhando poucas resenhas dessa editora, por isso não sei muito de seus lançamentos, fiquei muito contente com a sua resenha e essa diagramação é fofa de mais, adoro folhas pretas em livros
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Diana,dança e superação interior da protagonista diante de tantos obstáculos ,não só ao sequestro ,mas devido a tudo que teve que enfrentar,como você mesma colocou assuntos devastadores,anorexia ,drogas...mas ficar diante do dilema se denuncia ou não o sequestrador de seu melhor amigo,que é um velho conhecido,gostei de saber que a protagonista é negra mudando um pouco aquele mesmo esteriótipo de sempre,amei a história ser realista.Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Diana, eu não conhecia o livro ainda e confesso que fiquei bem animada e curiosa, adorei a premissa dele e chamou muito minha atenção. Parabéns pela sua resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  4. Não esperava encontrar uma história tão profunda nesse livro. Confesso que tive que reler pra entender bem as nuances que você quis passar sobre a história. Que me parece tratar de temas bastante polêmicos. Acho que Theo deve ser um exemplo de superação, uma personagem com uma força de vontade incrivel. Enfim, um bom livro com certeza.

    bju

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Nossa, a capa não entrega essa história tão intensa e sincera. Fala de um assunto pesado, mas que precisa ser discutido e retratado para alertar a sociedade. Achei interessante a mensagem de superação que a narrativa deve passar. Dica anotada.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Diana!
    Ainda não conhecia esta obra, mas fiquei curiosíssima para ler!
    A capa é linda e a história deve ser bem interessante, daquelas que nos prendem até depois do final.
    Anotada a dica!

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que capa mais linda, e que resenha maravilhosa, mesmo o livro parecendo não ser nota 10, só o fato da história conta fatos nos quais não são tão conhecidos pela sociedade fazendo com que o leitor conheça mais sobre esses problemas enfrentados pelos personagens, fazendo com que nos envolva, já faz com que eu tenha vontade de ler o livro. Já li muitos livros que envolve esses tipos de problemas de abuso, e aprendi tanta coisa, com certeza irei ler esse livro.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts