Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Intenso Demais, Livro 1 da Série Rock Star S. C. Stephens @EdValentina

9.8.15


Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado.
Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito.
Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock.
No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.


***Atenção: A resenha contém spoiler, o enredo contém traição descarada e triângulo amoroso!

Denny acaba de se formar da faculdade e tem um emprego em uma agência de publicidade muito respeitável em Seattle. Kiera deixa sua família para segui-lo, está loucamente apaixonada por ele, estão juntos há dois anos e ela vai para a Universidade de Washington usando uma bolsa de estudos. Felizmente, Denny resolve alugar um quarto com seu amigo Kellan Kyle, que é uma estrela de rock local.

Quando Kiera vê Kellan pela primeira vez, acha-o super lindo e sexy, sua banda é fantástica e ele é pura sensualidade no palco. Denny, Kiera e Kellan desenvolvem uma relação muito boa. Kiera consegue um emprego no bar que a banda de Kellan faz shows aos fins de semana e o trabalho de Denny como estagiário está indo tão bem que a empresa pede para que ele ajude a iniciar um escritório em Tucson, o que vai fazer com que ele fique fora por dois meses. Kiera fica mal com isto, mas sem outra opção aceita.

Ela então começa a ter ainda mais a companhia e atenção de Kellan para tudo e a amizade deles se torna cada vez mais importante para ela e consequente à atração por ele também. Denny liga com cada vez menos frequência e às vezes até esquece-se disto.

Quando Denny recebe uma proposta de trabalho irrecusável tendo que ficar fora por mais dois anos, decide deixar Kiera para trás, com a promessa de que assim que ela terminar os estudos, se junte a ele novamente. Aqui eu vibrei: "nossa agora ela vai ficar com o Kellan sem nenhum sentimento de culpa envolvido porque o namorado está sendo um escroto, que legal! Torcendo muito por pelo casal K x K". Só que não acontece nada disto e é aí que tudo desanda.

Gente, eu não me lembro da última vez que fiquei tão decepcionada com um livro. Eu queria muito ler esta trilogia e depois de ouvir tantos comentários a respeito, me sentia até uma ET por não conhecer a história. Acho que por isso a depressão foi tão grande. Depressão e frustração literária... quem nunca?

Falar dos motivos que me fizeram odiar este livro com todas as minhas forças sem dar spoiler é praticamente impossível. Perdoem-me as fãs da série, mas a protagonista deste me fez sentir vergonha de ser mulher. Era tanto mimimi e choro que me deu nos nervos.

Sinceramente, desta vez nem o mocinho conseguiu salvar a história. Teve momentos que até dele eu tive raiva e mesmo que em um determinado momento seja esclarecido o motivos que os levaram a se comportar daquele jeito, eu simplesmente não consegui levar a leitura adiante.

Eu amo mocinhas fortes e decididas e também adoro quando a leitura me faz extrair algum ensinamento o que não foi o caso desta. As cenas sensuais, tanto dela com o namorado, como dela com o Kellan me deram repulsa por tamanho descaramento. 

Pontos positivos: 

  1. Livro com um badboy roqueiro TDB! UAU! quem não curte né? 
  2. Capa do livro que eu adorei! Só esta guitarra aí na frente que estragou toda a diversão, kkkkkkk.
  3. O fato do Kellan ser uma delícia, deu vontade de pegar no colo e bagunçar aquele cabelo lindo dele e claro, fazer algumas outras coisinhas que não posso escrever aqui, pois são impróprias para menores. 
  4. O Griffin, um dos integrantes da banda que é super safado e hilário.
  5. O Kellan até tentou resolver a situação caindo fora e deixando a própria casa para o casal ficar em paz, óbvio que não foi bem sucedido.
  6. A cena em que Kellan faz suas confissões para Kiera e se declara, foi muito linda e comovente, mas só consegui chegar até aí...
Pontos Negativos:

  1. Entendi perfeitamente o momento em que Kiera traiu o namorado. Ela estava chateada com ele, tomou todas, tinha um cara gostoso do lado, enfim, momento de fraqueza total e ninguém é perfeito, todo mundo faz cagada nem que seja uma vez na vida. O que realmente me incomodou, foi o modo como ela agiu depois disto. O namorado volta todo arrependido, largou a carreira por causa dela e claro que é super difícil chegar para ele e dizer na lata: "Olha amor, me desculpa, mas quando você esteve fora eu dormi com seu melhor amigo”. TENSO! No entanto, ela poderia ter dado um jeito na situação depois, optando por um ou pelo outro e não ter feito a sacanagem que fez. É como aquele ditado: "errar é humano, mas permanecer no erro é burrice". 
  2. Olha a desproporção na criação da protagonista: Ela se recusava a falar palavrão, ficava corada nas situações mais absurdas, fazendo um papel de sonsa e boa moça e quando alguém a elogiava só faltava cavar um buraco para se enfiar dentro de vergonha. Agora, quando foi para falar para o Kellan que não queria que ele "dormisse"com ninguém além dela ou deixar claro o quanto gostava de sexo com os dois e a cada cena desta esquecer totalmente a culpa ela não tinha vergonha na cara né? 
  3. Tanto Kiera como Kellan levam a questão da traição como a coisa mais normal do mundo, tipo assim: se o Denny nunca ficasse sabendo ia ficar por isso mesmo, eles nem conversavam sobre como esclarecer tudo e levar a sério o relacionamento deles, para mim isto foi o cúmulo.
Conclusão:

Se você não se incomoda com histórias onde haja traição, ainda mais uma descarada como esta e triângulos amorosos, leia! Caso contrário passe bem longe. Pode até melhorar nas sequencias, mas quero deixar claro que a resenha é apenas sobre este livro em questão, que foi definitivamente um fiasco. Não sei se vou ler os outros. Pelo que percebi, as opiniões são bem controversas e tenho que respeitar, no entanto, também tenho o direito de expressar a minha para os leitores e seguidores do Blog. 
Com tanto livro bom na fila, não dá para perder tempo com uma série que só vem a melhorar no final, a história tem que me conquistar de cara senão nem vale a pena. Intenso Demais é mesmo um nome perfeito para este livro, a raiva e a decepção foram realmente intensas demais.




Comentários
10 Comentários

10 comentários

  1. Olá
    nossa, isso sim que é "ribuliço" não acredito que a traição nesse livro é tão presente assim, kkk, a mulher traindo o Homem na mesma casa e com ele a metros de distancia isso sim é sacanagem, eu não aguentaria algo do tipo, ate pq eu sou muito fraco em relacionamentos, por isso nem tento, kkk
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Diana,concordo em gênero ,número e grau com você,o comportamento da Kiera não foi nada bom,o Kellan realmente não se importou com seu amigo e o Denny que quando foi trabalhar deixando ela com seu amigo,não raciocinou que seria traído,bem comigo esse tipo de história não funciona.Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Amei a resenha e apesar do Denny ter sido o bobo nessa história deixando a namorada a mercê, não merecia passar pelo que passou com esses dois sacanas do Kellan e da Kiera. #SóAcho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Diana minha flor vc tem minha simpatia, pq eu não conseguir terminar esse livro, af!!. Essa Kiera não passa de uma songa monga, Kellan apesar de gostoso não me conquistou. Esse livro foi decepcinante, tentei lê-lo várias vezes,mas travava achei q o problema era só comigo, pois vi bons comentários a respeito dessa trilogia. com certeza n vou ler os demais da série.Tem coisa melhor me aguardando na fila, kkkk.A autora errou totalmente a mão. Bjss amada.

    Joanice

    ResponderExcluir
  5. Vixeeeee que babado,, rsrsr ainda bem que não li ainda se VC não gostou nem vou me dar ao trabalho rsrsrs, bjus Diana.

    ResponderExcluir
  6. :O :O :O

    Hahaha amei! Diana estou contigo! Li recentemente um livro que envolvia traição e não teve nada nesse mundo que me fizesse gostar dos chifradores dos infernos U_U Não dá gente, traição é algo detestável e quando vejo em livros falto é ter uma síncope e cair morta (Já basta as safadezas na vida real e tenho que ficar lendo porqueira nos livros???) Me poupe U_U E sim, errar é humano agora ficar persistindo no erro e fazendo outra pessoa de trouxa é o fim da picada! Estou revoltada hahahahahaha e quero dar uns tapas nessa protótipo de santa do pau oco que é a Kiera.

    Hahahaha beijão <3

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkk Jheyscilane, rindo muito aqui com o seu comentário! Beijos flor <3

    ResponderExcluir
  8. Bom, nunca quis ler esse livro, e agora menos ainda, esse não é o tipo de gênero literário que me chama atenção, sexo implícito, erotismos e etc, claro que já livro hot, mas foram o que mais me chamaram a atenção e todos que li nunca me decepcionei. No começo da resenha achei o livro muito parecido com tensão você não acha? E fiquei ate um pouco com vontade ler, mas agora lendo seus pontos negativos, percebi que o livro e só enrolação, mas muita gente gosta desse livro e respeito muito, porém esperava mais da história.

    ResponderExcluir
  9. Gente, livros que tem traição pra mim tem que ser muito bem explicados, mais muito mesmo. Tem uma linha muito fina que separa aquele tipo de história em que nós até identificamos com a personagem com aquele tipo de história que deixa um gosto amargo da traição. Eu nunca li esse livro e graças a Deus li sua resenha pra mim nunca chegar perto. Essa protagonista me parece uma vagabunda, essa é que é a verdade. Você trair um cara uma vez ainda vai, é do ser humano cometer essas cagadas, mais ficar repetindo o erro? É senvergonhisse mesmo. Tanto da parte da mulher, como o do tal amigo fura olho. Os dois deviam é se lascar mesmo. Nam, só de ler o que tu comentou já fiquei chateada, imagina lendo esse livro?? E as folhas brancas e letras pequenas??? É, definitivamente eu passo longe desse livro, jamais vou dar meu lindo dinheirinho nesse lixo de história.

    bju

    ResponderExcluir
  10. Até que enfim uma resenha verdadeira e coerente.
    Muito obrigada pela sinceridade, concordo com você em absolutamente tudo.
    Não consegui achar justificativa pra atitude dos personagens, principalmente da Kiera.
    O problema não é a traição, mas a deslealdade.
    Sei que já tem um bom tempo que você leu esse livro, conseguiu terminar a trilogia?

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts