Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Dominados de Mila Wander @QualisEditora

29.8.15

Dominados - Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma dominatrix fatal.
Henrique Farias é um dominador intenso.
O JOGO DE PODER E SEDUÇÃO SÓ ESTÁ COMEÇANDO...








Gente!!!! Pensa em um livro intenso! Com um casal duro na queda, que não se rende e não cede um milimetro durante quase 90% da história! Pensou? Então... não chegou nem perto deste aqui. Dois orgulhosos que não pretendem recuar e que vão acabar presos, dominados e apaixonados!


Um romance erótico de tirar o folego! Não é força de expressão, realmente, em muitas cenas, você vai prender a respiração mesmo. A sinopse me enganou direitinho, eu imaginava um belo clichê e não poderia estar mais errada. A história até começa de forma bem leve. Os dois vão disputar uma única vaga, os dois merecem, os dois são qualificados, os dois se sentem atraídos e não assumem, mas pára por aí. Quando você conhece de verdade os protagonistas e uma tal aposta entra na parada, humm... aí o bicho pega!
"A ideia de que teríamos a nossa noite juntos – independente do resultado – era um fator excitante demais. Ao mesmo tempo em que éramos oponentes, éramos também o nosso prêmio. Queríamos a derrota um do outro, mas queríamos um ao outro."
Laura é uma engenheira de 32 anos, extremamente bem conceituada no mercado, com um currículo de dar inveja e trabalha na Construtora Marcos Delacox. Henrique é um contador de 34 anos, coordenador do departamento de contabilidade da mesma empresa e apesar do currículo dele não chegar aos pés do da Laura, ele é muito bem cotado para o cargo, o que desperta a ira dela.
“Eu sei que sou ambiciosa, ok? O céu é o meu limite. Fui feita não apenas para ir além, mas para ser além.”
Ambos são dominadores e ao se darem conta disto, ao mesmo tempo que ficam decepcionados, concordam que isso é só mais um estímulo, ficam excitados com a ideia de um dominar o outro no dia da escolha final da diretoria. Os dois tem que trabalhar juntos em um projeto por três meses e neste período dá-se inicio um relacionamento cheio de disputas, orgulho, ciúmes, desejo e luxúria que muda a vida deles radicalmente.
“Claro que fiquei excitada até o último fio de cabelo. Entretanto, algo conseguiu ser maior do que o meu tesão: a minha raiva. Ela sempre vence qualquer embate, não importam as circunstâncias.”
“Só havia um idiota me atrapalhando. Um idiota metido a dominador.”
Aqui você vai conferir o verdadeiro BDSM, preto no branco, o lado bizarro de um relacionamento. Vai entalar algumas vezes na leitura e precisar até de um bebida de tão seca que a Laura Diniz é. Creio que esta foi exatamente a intenção da autora ao escrever algo tão diferente.
"Não sei quem foi o otário que inventou essa história de paixão, só para deixar as coisas mais complicadas. Se eu o pegasse... Levaria uma surra tão grande que em um instante deixaria de frescura."
Estamos acostumados a ver sempre o oposto, o mocinho é que é sempre frio, o dominador, o que pensa de forma racional e cínica sobre o amor, calculista quando se trata da carreira e Laura chega para mostrar tudo isto e muito mais, um lado dominador real, uma ambição e um ego gigantesco, abalado apenas quando vem à tona seu passado traumático e seus próprios preconceitos em relação a si mesma.

Quando eu falo em BDSM, acho que muitas pessoas já se assustam, se você não curte o tema eu aconselho que passe longe mesmo deste. As cenas de sexo são bem pesadas, então só recomendo para quem curte realmente o gênero como eu. Em contrapartida, o livro não vai tratar apenas disto e foi por isso que não consegui largar. São 490 páginas e realmente para mim ainda foi pouco, faltou um epílogo e já descobri que não teve porque haverá continuação, provavelmente o ano que vem. Mesmo assim eu recomendo que você leia sem medo que a história termina sem nenhuma ponta solta ou suspense.

Dominados é um livro complexo, temas como feminismo, machismo, racismo e questões familiares foram abordados para fazer o leitor refletir, creio que ele também irá aprender muito com esta obra. Tem o lado cruel, sem no entanto deixar de lado o humor em algumas cenas. Ao escrever um livro com uma protagonista forte e que nem todos vão amar como é o caso da Laura, o autor tem um grande desafio pela frente. É muito mais fácil escrever um romance perfeito, com personagens bonzinhos e cheios de caráter e a frieza da Laura choca, é diferente de tudo que já li e algumas vezes achei que ela pegou muito pesado. Laura é competente, batalhadora, inteligente, rígida, antipática. mal-humorada, mandona, arrogante e odeia sentimentos.

Depois de um tempo lendo mais do mesmo, acho que fiquei um pouco saturada e adorei ler algo assim tão refrescante, pois ficava o tempo todo imaginando como iria terminar. Entrou para a lista de favoritos do ano pela originalidade do enredo e da criação do caráter da mocinha (que de mocinha não tem nada). Nunca vi uma bicha tão bruta que nem ela, intensa ao extremo e com um humor para lá de negro. O livro intercala o ponto de vista do casal e no ponto de vista dela você percebe que a Laura se mantem firme do começo ao fim, ela não age de um jeito e pensa de outro, é realmente daquele jeito e goste você ou não, ela está pouco ligando para sua opinião.
"A doida nem fazia muito esforço para ser a criatura mais sexy que já cruzou o meu caminho."
Ela sofreu muito na vida, e quando digo sofreu, é sofreu mesmo, os piores abusos que uma mulher e uma criança podem vivenciar, no entanto, ela se tornou uma verdadeira mãe para a irmã mais nova e este lado dela trouxe uma alívio a todo o comportamento pesado que ela mostra quase que o livro inteiro. Eu realmente admirei a mulher que ela se tornou.
"Admito, a mulher tem pegada. Linda, gostosa e perigosa. Elegante, inteligente e cruel. Fria como gelo e dura como pedra. O que seria capaz de abalá-la?"
Já o Henrique, num primeiro momento torci contra ele, queria que ele perdesse a aposta porque meu lado mulher falou mais alto. Só que em um determinado momento eu comecei a ter pena do coitado, para aguentar uma mulher desta tem que ter muito jogo de cintura, muita paciência e o caráter e a força dele foi o equilíbrio desta relação que tinha tudo para dar errado. Foi então que comecei a torcer para que eles abandonassem o maldito desafio e ficassem juntos e quanto mais eu torcia, mais a autora judiava de mim.

O casal é totalmente explosivo, intenso e cheio de química, foi difícil me envolver, mas isto aconteceu sim, fiquei meio abalada até, por isso a resenha demorou tanto a sair. Eu chorei muito, senti nojo de algumas cenas confesso, me incomodou um pouco as atitudes da Laura e mesmo depois que entendi todos os motivos que a levaram a agir daquele jeito ainda assim pensei: Minha nossa! Isto é sério??
"Amo desafios. Amo vencer. Fodam-se as malditas consequências."
"Eu sabia o valor da vida. Só sabe disso quem a perdeu, e foi o que me aconteceu: perdi a minha própria vida inúmeras vezes, e continuei viva."
Espetacular ver a transformação desta mulher, ver seus muros desabando aos poucos. Inovador, polêmico e recomendadíssimo, o primeiro que leio da autora e olha só por onde comecei!!! Agora vou atrás dos outros livros dela.

Onde Comprar: Amazon | Editora Qualis




Comentários
3 Comentários

3 comentários

  1. Olá
    eu estava vendo uma resenha desse livro, a alguns minutos atras, kkkk, e eu achei bem legal as resenhas que vi dele, parece ser uma boa pedida para quem curte
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Diana,não gosto muito desse tipo de tema,,mas através de sua resenha pude ser surpreendida por duas características a conduta,personalidade da protagonista que é dura na queda devido a tudo que sofreu e os temas tratados na trama como feminismo,machismo,racismo e questões familiares.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Romance erótico não e meu gênero favorito mas pelo fato da estória fugir um pouco dos clichês desse tipo gênero acabou me chamando um pouco a atenção, se tiver a oportunidade de ler esse livro pretendo dar uma chance para ver se vou gostar!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts