Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Redenção, Será o Amor Capaz de mudar um Homem? - Carlie Ferrer @EditoraNix

28.7.15

A bela e impulsiva Gabriella vê a sua vida mudar ao atropelar o milionário executivo Richard Becker. Com seu jeito arrogante, o homem a humilha, fazendo com que Gabriella queira dar-lhe uma pequena lição, mas o que ela não imaginava, era despertar a obsessão dele por isso.
Gabriella tem apenas 22 anos e uma responsabilidade enorme, seu irmão, Benjamin. Após a morte da mãe, ela abandonou noivo, faculdade e sua vida na capital para cuidar do irmão, que sofre de leucemia, e desde então parece carregar o mundo nas costas.
Richard é frio, mal humorado e solitário. Ninguém o suporta e ele é conhecido como o demônio. Até que encontra Gabriella, seus desejos por ela, e a sua recusa em lhe pertencer, despertam o pior que há nele, e Richard não mede esforços para tê-la, seja por bem ou por mal.
O ódio inicial que Gabriella sente por esse homem começa a ceder conforme ele se aproxima, pois, por trás de um verdadeiro monstro, há um homem ferido, apaixonado e disposto a tudo para cuidar dela e do irmão. Se a maldade de Richard já não fosse motivo suficiente para assustar Gabriella, ainda há Christopher, o irmão de Richard, que também se apaixona por ela e não vai medir esforços para conquistá-la antes do irmão.
Um romance quente, envolvente e emocionante. Richard precisa ser digno de seu amor e Gabriella precisa ser forte, por Benjamin. Para possuí-la, ele deve cuidar deles, mas a redenção que Richard tanto precisa para conquistá-la, pode custar-lhe o sentimento que ela nutre por ele. 

Aqui está o outro livro da Carlie que mencionei na resenha de Estúpido Desejo (confira aqui). Realmente esta mulher tem o dom! Depois de trazer um suspense em “O Assassino” e mostrar a veia cômica em “Estúpido Desejo”, desta vez ela surpreende com um romance que aborda também um drama real na vida de milhares de mães.

Um acidente coloca Richard Becker na vida de Gabriella. Um homem arrogante, acostumado a ter tudo que quer, que nunca aceita um “não” como resposta e que insiste que não tem a capacidade de amar. Um verdadeiro ogro que vai se transformar por amor.

Gabriella é uma mulher batalhadora que luta todos os dias pelo bem estar do seu irmão Ben que sofre de leucemia. Aos 22 anos ela é a única responsável pela criação dele depois que sua mãe morreu. Sem o apoio da irmã e com um noivado e uma vida toda planejada deixada para trás em prol do tratamento do menino, Bella ganha à vida trabalhando em um bar como garçonete.

Richard atraído por ela e sem aceitar sua recusa em ser sua amante, decide chantageá-la usando o que ela mais ama para isso. Tudo seria de acordo com o que ele planeja senão fosse o irmão dele e também inimigo, Christopher, que decide ajudá-la. O que parece ser um anjo na vida de Gabriella, só traz diversos problemas, como se ela precisasse de mais. Christopher é uma incógnita até quase a metade do livro, onde você fica tentando descobrir qual é a dele.

Gabriella se vê realmente atraída por Richard mesmo sem querer já que ele insiste em mostrar sempre seu pior lado para ela. Ele é frio, a humilha e ao mesmo tempo não esconde o ciúmes que sente. Quando ela enfim se rende, ele se mostra um amante maravilhoso confundindo ainda mais sua cabeça.

No começo deste “quase triangulo” confesso que fiquei irritada com tantas brigas e ciúmes dos dois irmãos que disputavam Gabriella como se fosse um objeto. Era um tal de briga-beija, beija-briga, e Gabriella nunca tomando uma atitude para resolver a situação, que pensei que o enredo se basearia só nisto.

Mas é aí que a reviravolta acontece. Richard continua afirmando que nunca será capaz de amar, no entanto, admite que não consegue ficar longe de Gabriella e mostra o tempo todo como se preocupa com ela e com Ben. Então, me apaixonei por ele e pela história e não consegui largar mais.

Neste livro é uma criança que vem para ensinar, que demonstra toda força e coragem, que deixa claro o que realmente devemos valorizar e ver Richard tão cheio de conflitos internos se rendendo a tantas emoções foi incrível!
“Ainda sou o mesmo. Ainda enlouqueço perto de você. Ainda perco o controle se você não está. Você é minha fraqueza. Você sabe, ainda vou fazer um monte de cagadas.”
“Não importa — sussurrei. — Eu amo você assim mesmo, intenso, louco, idiota.”
Baseado em alguns fatos reais, mais uma vez a autora se superou. Ver a redenção de Richard foi para lá de emocionante. Aqui você vai presenciar e também sentir o sofrimento de uma mãe ao ver um filho passar pela agonia de um tratamento invasivo como a quimioterapia e lutar para viver uma infância normal. Gabriella é uma verdadeira guerreira e coloca a vida de Ben acima de tudo. Eu não sei se teria psicológico para isso. 
“Será que você não percebe? Você não é frio e sem sentimentos, você cuida de mim, me protege, cuida de Ben, você o ama. O que você está fazendo não é o que disse que ia fazer, é muito mais.”
“Por isso que faço tudo. É por isso que penso tanto em você, Gabriella. Para que você me olhe como está olhando agora."
Chorei muito, me irritei algumas vezes e chorei mais um pouco. A cumplicidade do casal em um momento tão delicado só mostrou como eles nasceram um para o outro. O relacionamento deles é tumultuado, mas quando todos falharam, Richard foi o único que esteve ao lado de Gabriella em todos os momentos.

Para mim não existe forma melhor de demonstrar o verdadeiro amor do que com ações. No começo eu odiei o Richard, pois ele mostra um caráter duvidoso com suas chantagens e atitudes mesquinhas, depois me apaixonei pelo homem que ele se tornou. Assim como a Gabriella eu não consegui resistir ao seu charme e a tantos cuidados.


Quando se fala em “Redenção” eu lembro sempre de um milagre e é exatamente isso que você vai encontrar aqui. O milagre não vem para Ben, ao invés disto, Richard é que é salvo de si mesmo ao encontrar o verdadeiro amor. O epílogo é lindo e o final traz também um pequeno bônus com o ponto de vista de Richard.
“Todo sentimento de posse que sempre tive por ela estava triplicado naquele momento. Minha. Gabriella pertence a mim, e nunca mais a deixarei se afastar de novo. Ela foi minha redenção, foi a minha cura. Ela será minha vida para todo o sempre.”
No começo e no final da história você também confere alguns depoimentos reais de mulheres que passaram pelo mesmo problema, que ganharam ou perderam a batalha para esta doença ainda mais cruel quando se trata de uma criança. Uma história muito bem escrita, envolvente, intensa e apaixonante! Parabéns Carlie, você conseguiu de novo.
 
Onde Comprar: Amazon


Comentários
5 Comentários

5 comentários

  1. Seus livros merecem a nota máxima de números querida amo cada um deles principalmente o assasino esse é a minha perdição

    ResponderExcluir
  2. Gente essa mulher manja, adorei o livro dela " Estupido Desejo" e adorei sua escrita bem humorada e agora esse livro que parece que vai mexer com o nosso emocional e como me segurar pra não ficar louca pra ler esse livro ? impossível né e além do fato que eu adoro a escrita dessa mulher depois que li um livro dela. Adorei o trechos que você colocou pra resenhar ter ficado mais perfeita poderia ter colocado uns gifs ^^ Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Diana,na minha opinião ,o amor muda quem realmente ama,e nessa estória vejo muitos conflitos para a protagonista ,um irmão com leucemia e dois irmãos disputando por seu coração,amei saber que é baseado em alguns fatos reais,com depoimentos de mulheres que perderam e ganharam a batalha para essa terrível doença,gostei de saber que tem um bônus da estória com o ponto de vista de Richard.Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá Diana
    achei bem legal, não sabia que era a mesma autora de o Assassino, achei bem legal a resenha dele, e esse dai ficou muito legal
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Li essa história do wattpad e posso dizer que sua resenha está perfeita, bem parecida com o que senti ao ler o livro. Gostei bastante da trama, embora, de fato, até uma parte da história quase desisti, pq ficava repisando mto a indecisão e "não me toques" da personagem feminina e a disputa ela pelos irmãos! Talvez com a revisão para a publicação isso tenha sido um pouco melhor trabalhado, não sei, mas, o que me segurou e manteve-me lendo o livro foi a doçura e a abnegação da Gabriella com relação ao Ben e os depoimentos e indicações de entidades de combate ao câncer que eram colocados sempre. Após a Gabriella ter tomado uma posição e o Richard ter assumido não poder ficar sem ela, o livro melhora sensivelmente e passa a revelar o real talento da autora. Ainda bem que persisti, porque há de fato relatos mto comoventes e vale a pena ir até o final emocionante, mas, ressalto, se fossem revistos os capítulos iniciais, a história seria ainda melhor do que já é.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts