Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Voltas que a Vida dá - Susane Matos

10.2.15


Desde cedo, Clarice Valente, uma autêntica ítalo-americana, teve que aprender a lidar com perdas. Com apenas nove anos de idade tornou-se madura o suficiente para ser a força que seu pai, e única família, precisava para superar a morte de sua amada esposa.
Batalhadora, corajosa e extremamente persistente, Clarice costumava ter uma vida perfeitamente normal em Massachusetts... até acontecer um acidente de percurso e uma aparentemente normal proposta de trabalho cair em suas mãos.
Tempestuoso, frio, arrogante, in-su-por-tá-vel, e similarmente atraente, o italiano Enzo Romano aparece em sua vida para testar seus limites, pensamentos e paciência!, e demonstrá-la que, independente de existir ação do destino, certas circunstâncias não ocorrem por acaso. 




Que delícia quando um livro me surpreende! Eu vim aqui postar esta resenha sem nem saber por onde começar, fiquei com medo de não fazer jus a estória que me deixou de ressaca, abalou realmente meu emocional e com certeza já está na lista de melhores livros lidos em 2015. Isto mesmo gente e o ano nem começou direito ainda.

Logo no prologo o livro me chamou a atenção e quando li o capitulo um já saquei qual era o mistério. Isto não tirou nenhum pouco o brilho da estória, muito pelo contrário, eu queria saber como seria a reação da Clarice quando descobrisse tudo. Fazia tempo que não lia um livro com um ogro e é exatamente isto que o Enzo é, a gente ama (por saber em partes os motivos dele) e odeia (pelo modo como trata a Clarice) e no decorrer da estória há uma contradição em nossos sentimentos em relação a ele o tempo todo.

Clarice é assistente social, uma mulher forte que já sofreu algumas perdas ao longo da vida só que não se deixou abater. Ela luta, há dois anos, para adotar Anna, uma criança abandonada em um orfanato em que ela presta assistência. O modo que Clarice demonstra que quer ser mãe, o seu amor e altruísmo pela Anna e o amor que a Anna sente pela Clarice já a considerando como mãe é comovente. Clarice não desiste mesmo com todos os obstáculos no caminho que impedem a adoção.

É neste orfanato que ela conhece Enzo e, sem saber, vai trabalhar como babá na casa dos sobrinhos dele. Isto porque, do nada, é chamada para uma entrevista em que nem enviou um currículo e quando descobre quem é o dono da casa só imagina que seja uma coincidência. Nos dias que se seguem, Clarice tem que lidar com ele, que é um homem intragável e também com duas crianças com problemas emocionais devido a uma mãe alcoólatra e drogada. Ela mostra para que veio e consegue colocar ordem no caos com muito trabalho e amor mas, neste meio tempo os sentimentos e a atração por Enzo tomam uma proporção que ela não espera e isto não facilita em nada sua vida.
“Acho que você deixará um espaço inalcançável quando o que temos acabar, Clarice, pois depois de você as outras serão apenas... outras.”
Enzo  é um homem intenso, cheio de cicatrizes internas e externas e faz questão de deixar claro para Clarice que é um homem frio e sem a capacidade de amar. Ele sente uma atração louca por ela mas não deseja um relacionamento sério. Clarice, já apaixonada, decide arriscar ficar com ele o tempo que for possível, ao mesmo tempo, sua prioridade continua sendo adotar Anna e quando esta possibilidade é ameaçada, Enzo propõe um casamento para que ela consiga realizar seu sonho.
“De fato, um coração em sua real essência era o verdadeiro condutor da vida. Céus, eu tinha uma vida antes da Anna aparecer?”
Este livro não tem nada de clichê, e também não é um conto de fadas. Para ficarem juntos, Clarice e Enzo vão sofrer muito. Clarice tem problemas para engravidar e teme que apenas ela e a Anna não sejam suficientes para Enzo, já ele, esconde um segredo que pode destruir o casamento deles. Só o amor um pelo outro e principalmente pela filha (é exatamente assim que Enzo e Clarice tratam Anna o tempo todo) é que fará toda a diferença nesta estória tão densa e cheia de detalhes.

Falar que eu amei o livro é eufemismo, o fato deles colocarem tudo de lado por amor a uma garotinha de cinco anos foi tão perfeito que não tenho palavras para descrever. Os laços de amor venceram os de sangue de uma forma maravilhosa e me fez chorar demais. Gente que família linda que eles formaram! A Anna é uma fofa e roubou a cena.
“Eu não vou devolver você. Nunca! Você é minha menina, minha filha. Você é minha, Anna. A mamãe te ama e nunca irá se separar de você. Ela parou de se debater, minhas palavras fazendo efeito em sua ingênua mente antes dela enfim aceitá-las. Seus olhos verdes se elevaram aos meus. – Promete? – Sim, amor. Prometo. Prometo. Prometo. – enchi seu rosto de beijos e voltei a aninhá-la bem apertado contra meu peito. – Eu amo tanto você, Anna. A gente nunca se afastará.”

Mesmo em crise, Clarice e Enzo dialogavam sempre em prol do bem estar e educação da filha como verdadeiros pais e isto que fez o livro ser tão especial. Claro que também existia o amor das duas partes como casal, aliás eles tinham uma química perfeita juntos, as cenas são pra lá de hots e a Clarice é super bem resolvida sexualmente. O Enzo? OMG! tudo de bom!

"A Anna como nossa filha, você como minha esposa. Eu sei muito bem que não mereço, mas isso é real para mim. Isso é real para mim, Clarice, e pela primeira vez na minha vida eu tenho em mãos algo perfeito e pelo que vale a pena lutar."


A Clarice foi uma guerreira do começo ao fim por lutar pelas pessoas que amava. O seu lado mãe predominou, mesmo assim, ela não esqueceu do seu lado mulher, por isso, não deixou que o Enzo pisasse nela, fez valer sua posição e colocou ele na linha literalmente.


“Não queria esnobá-lo, mas somente deixá-lo ciente de que não estava no comando do meu corpo ou de mim, e que para me ter não seria tão simples, mesmo o meu interior clamando e desesperado para ser preenchido por ele, sua virilidade e essência. Eu poderia até dar o que Enzo tanto queria, mas antes disso ele teria que rastejar.”


Enzo também teve que lidar com seus demônios do passado, teve que se abrir e mudar pela Clarice e a filha para ser digno do amor delas. O amor que ele sente pela Clarice é intenso, visceral mesmo e quando ele revela tudo para ela você entende que o título deste romance não poderia ser outro. Os diálogos, o enredo, os personagens secundários foram simplesmente perfeitos! Amei, amei, amei! Leia que não vai se arrepender!


"Amo você, Clarice. E sei que te amo porque entregaria minha vida para lhe salvar, se fosse preciso. Eu faria isso sem pensar."

Onde comprar: Amazon



Comentários
10 Comentários

10 comentários

  1. Esse livro promete grandes situações, parece ser um bom livro
    sua resenha demostra bastante coisa que o livro tem pra dá, isso é muito interessante
    e eu adoro essa seninhas que você faz, fica super Divo.
    E essa capa também esta perfeita.

    ResponderExcluir
  2. Os livros dessa Editora está bombando :O
    Cara, vejo cada resenha ótima dos livros deles, tanta editora brasileira rejeitando os autores da casa para abrir espaço aos estrangeiros que as vezes esqueço que autores brasileiros são bons
    10000 pontos por essa editora.
    Ótima resenha, fiquei super interessado no livro

    ResponderExcluir
  3. A história parece ser intensa e emocionante. E adorei conhecer esses personagens. Principalmente a Clarice. Parece ser uma menina forte e decidida. Gosto disso numa personagem feminina. Nada de frágil e bobinha. Vou tentar ler. Valeu a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oii Di, tudo???? Tão bom quando um livro nos atrai tanto né???? Fica até difícil falar sobre, hahahah. Não é um livro que eu leria, mas essa capa é linda e as fotos fotos que você pegou para ilustrar a história são perfeitas :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Estou encantada, esse livro parece maravilhoso, e sua resneha me convenceu ^.^

    Vanessa | Blog Closet de Livros

    ResponderExcluir
  6. Que legal! Ou não. É triste a gente ficar de ressaca. Clarice parece uma personagem forte, de personalidade boa. Adorei o fato de ela querer adotar a garota. Enzo parece um bom homem, porém, com um passado meio triste e que marcou ele. Adorei a quote de ela dizer que não iria abandoná-la, é tão intensa, ainda mais a parte da garota.
    Abraços Diana, eu quero ler. Apesar de a capa não me agradar, vi que tem uma história sentimental e intensa.

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros que fazem chorar. Então, já quero ler esse.
    Gostei demais da premissa do livro.
    Adorei conhecer um livro tão profundo e sério como esse aparenta ser.
    Espero poder ler em breve.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Nossa essa história te emocionou bastante não é?!
    Me parece uma trama de superação.
    Como me emociono fácil,acho que vou chorar "rios" com esse

    ResponderExcluir
  9. Oiee

    Nossa fiquei morrendo de vontade de ler o livro , adoro romance com drama e esse tem os dois na medida certa , fiquei curiosa com a leitura.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Hummm, temos um italiano na parada, adoroooooo kkk
    Gostei da sinopse e da protagonista, que parece ser uma mulher bem forte e durona!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts