Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do mês

Ver mais...

[Resenha] Quando Eu Olhar Pra Você (Ward #1) Lucy Vargas

13.11.14


Amar nunca é fácil. Mas quando você se envolve com um Ward, tudo é difícil e inexplicável demais para suportar.
Beatrice sempre soube que devia ter deixado Sean quando ainda podia resistir.
Talvez nunca devesse ter entrado nessa.
E agora ele voltou. Insaciável, apaixonado e mais errado do que nunca.
Disposto a tudo por ela.
Será que Beatrice está pronta para perdoar e ceder à obsessão apaixonada de Sean?
Quem disse que depois do casamento tudo se acalma?
Nada é calmo com um Ward.
E ele vai desafiá-la por sua última chance. Você está pronta para Sean Ward?
******
Este livro contém romance problemático, sexo conturbado, um mocinho deliciosamente errado e irresistível e uma protagonista dura na queda. E o risco é todo seu.
Eis aqui um livro diferente! Eu sempre gostei do tema casamento em crise e foi isso que me chamou a atenção quando ouvi falar deste. O casal está junto há quatro anos e desde o primeiro, vive em um casamento de aparências. Sean é o todo poderoso presidente do Grupo Ward. Seu nome é um ícone e sua família é daquelas que não podem dar um espirro que aparecem em qualquer jornal sensacionalista. Ele vive com seguranças ao seu redor por tanto tempo que é como se eles fossem da família.

Beatrice é uma design de interiores e seu estilo de se vestir, se maquiar e arrumar o cabelo é referência em todos os blogs de moda. Ela nem se sequer se lembra onde comprou determinada blusa, mas é impressionante como todos deste ramo sabem o nome que consta na etiqueta. Antes de conhecer o marido ela nunca tinha ouvido falar sobre ele, entretanto, nada que uma pesquisa no Google não resolvesse. Eles se casaram e pouco tempo depois, já dormiam em quartos separados, até a lua de mel deles foi um desastre.

Começamos a história já no estopim da crise, onde Beatrice não aguenta mais a vida que leva e pede o divórcio. Eu me perguntava o tempo todo: o que raios aconteceu com estes dois? Isto porque o livro tem o ponto de vista do casal e dá para perceber o quanto eles estão sofrendo com esta situação que já dura todo este tempo, no entanto, não tomaram nenhuma atitude para mudar as coisas.

Sean se sente rejeitado pela esposa e não entende o que aconteceu para que ela de repente não quisesse ser tocada por ele. Ela se comporta como se tivesse nojo e não suportasse nem olhar para ele, muito menos comparecer e ficar ao seu lado nos eventos sociais. Com o casamento arruinado, não dando atenção à própria família, mal conseguindo manter as amizades e com a sua vida social girando em torno de eventos que não tem nada a ver com o que ela quer, Beatrice também sofre muito por achar que eles não servem mais para ficar juntos, não importa o que eles façam.
"Se ele pudesse pedir qualquer coisa no mundo, pediria ela só para ele, sem nunca mais colocar nenhuma barreira entre eles, física ou emocional."
Eu tive raiva da Beatrice em várias situações, engraçado né? Ao invés de ficar do lado dela porque sou mulher e até achar que em algumas coisas ela tinha razão, eu torcia o tempo todo por eles porque dá para ver como o Sean é apaixonado e só tem olhos para a esposa. Tanto isto é verdade que ele até procurava mulheres que se pareciam com ela, verdadeiros clones para passar o tempo, sair para jantar e conversar. 
"Não precisava de nada tão radical, a maioria copiava as roupas, os cosméticos, a cor do cabelo e a maquiagem. Ah, isso era o ponto forte delas. Maquiagem e cabelo faziam verdadeiros milagres. Quando Sean via alguém com algo similar à sua esposa, gastava seu tempo para falar com a pessoa, às vezes por cinco minutos."
Coisa de doido? É, concordo com você. Como assim você tem uma mulher em casa e ao invés de ficar com ela, sai procurando estas loucas que fazem plástica e gastam rios de dinheiro no cabeleireiro para se parecer com outra pessoa e ainda por cima admite isto? Não tem uma justificativa para o mocinho, ele realmente errou. Em um destes encontros, Sean acabou traindo a esposa de uma maneira que ela, que achou que não sentia nada mais pelo marido, acaba sofrendo horrores.
"Nunca teve certeza, achou até que o queria por motivos puramente egoístas e que aceitaria o que ele lhe desse. Mas não foi assim, ela sempre quis mais, esperou por mais. Quando não conseguiu, se fechou tanto quanto ele."



Eu amo esta música e coloquei este vídeo de propósito para que você preste bem atenção na letra já que é a resposta da Beatrice para Sean em uma das cenas. Eu achei o máximo!



Ai você me pergunta: e você ainda ficou do lado dele? Como assim? É que, ao contrário de Sean, Beatrice se mostra conformada com a situação e para ela o fim do casamento é a solução e eu sinceramente achei isso uma fraqueza da parte dela, espero mais da mocinha, quero que ela lute e seja forte, corra atrás da sua felicidade e não se comporte como se tivesse uma pedra de gelo no lugar do coração. Já Sean, se arrepende, tenta de tudo para que eles fiquem juntos. Não aceita o divórcio e a falência do casamento. Ele para mim mostrou ter mais sentimentos do que ela e por isso torci pela felicidade deles e principalmente, torci por ele.
"Eu não quero droga de cópia nenhuma, eu quero conquistar a original. Você pode querer me matar, pode me sacanear, me ameaçar e me insultar o quanto quiser. Mas não vamos nos divorciar."
"Sean queria prendê-la, dominá-la e excitá-la loucamente até que ela entendesse que nunca mais devia sair de sua cama, muito menos de sua vida ou isolá-lo do lado de fora."
Tudo se passa em um ambiente com a cara da nossa realidade atual. Onde as pessoas se comunicam e sabem mais da vida do outro através de site de fofocas, perfil no Facebook, Pinterest e Instagram e não vivem sem as mensagens de Whatsapp e Skype. Mais contemporâneo que isto impossível!

Poucas vezes eu leio um livro e consigo imaginar o mocinho exatamente como o modelo da capa, mas este aqui foi incrível! Eu lia e este cara me vinha na mente o tempo todo, ficou perfeito! É o primeiro livro que leio da Lucy e vou te dizer: ela arrasou na escrita, na riqueza de detalhes, nos diálogos, nos personagens secundários e na intensidade dos sentimentos do casal na cama. Ri muito com o secretário do Sean dando chiliques e o trainee da Beatrice com suas pérolas que a faziam dar risada nas horas mais impróprias.
"Não tem nada melhor do que fazer amor com você...E eu adoro quando você pede mais."
Sean e Beatrice foram feitos um para o outro e são tão perfeitos juntos, rola tanta química mesmo depois de toda esta crise que eu senti a saudade deles quando eles finalmente cedem e vão para cama depois de um ano sem sexo. A coisa pega fogo e aí a minha opinião de que a Beatrice é uma idiota para sequer pensar em deixar um homem como ele escapar se solidifica. Quer não fofa? manda pra cá...AGORA!! O que verdadeiramente é para ser dito pelo Sean, você lê a cada início de capítulo. Tudo na vida tem uma razão de ser, descubra a razão dele.
"Quando eu olhar pra você, saiba que não consigo parar. Eu adoro vê–la."
 "Quando eu olhar pra você, não tente se esconder de mim. Eu a conheço. Apenas sinta o pulsar do meu coração sob sua mão. É seu, é tudo para você."

Adquira o seu: Amazon ou Versão impressa


PS: Lucy, agora vou ficar que nem uma louca querendo a continuação, ainda bem que não vamos precisar esperar tanto para ver o que finalmente acontece quando um destes clones acha que pode ficar no lugar da original.


Comentários
9 Comentários

9 comentários

  1. Oiee.
    Decididamente eu necessito desse livro.
    Assim como você gosto de casamentos por conveniência ou em crise, essas coisas me deixam super animada para saber como eles vão contornar toda a situação.
    E saber que a música tema é Take a Bow (música que sou loucamente apaixonada) só me deixou mais maluca pelo livro.
    Vou ver se consigo esperar um pouquinho pra lê-lo quando o lançamento do segundo já tiver acontecido, assim posso ler os dois na sequência.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Por já ser leitura erótica...já me animou demais. Achei bem diferente essa de eles ficarem juntos por aparência, quase nunca vi uma obra assim. E fiquei ainda mais animada por você ter citado que a autora usou muitos detalhes. Adorei as quotes e vou começar a ler o livro já hoje mesmo.
    Beijos Diana, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada da autora, mas já li algumas resenhas. Achei tudo um pouco confuso e só lendo mesmo pra entender. Entendi que há traições pelo caminho - coisa que não gosto -, mas é o primeiro livro erótico que conheço em que o casal fica junto somente pelas aparências. Que capa linda!!

    ResponderExcluir
  4. Show este livro. A história me encantou. O personagem é tudo de bom. Não vejo a hora de poder conferir tudo que disse aqui. Muito ansiosa pra saber como termina.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia a autora, mas fiquei curiosa sobre o livro. Não gosto quando há traições, mas dentro do contexto que vc menciona, faz sentido para o livro...
    Prefiro esperar sair a continuação para já ler na sequência... Não dá pra ficar ansiosa para saber o final desses dois...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Achei que a estória está bem próxima da realidade.
    Um casamento em crise,traição... Enfim,nada é um conto de fadas.Todo relacionamento tem seus problemas.
    E por tudo isso,acho que vou adorar essa leitura.

    ResponderExcluir
  7. Amei a historia! Adorei a escrita! Chorei, amei, ri e me emocionei.

    ResponderExcluir
  8. Depois dessa resenha ....Não tem como não ler!!

    ResponderExcluir
  9. Lucy é maravilhosa, a riqueza que escreve é de se bater palmas. Li e reli a série mais de duas vezes, e sempre que faço isso, já fico pensando na próxima vez. Mais que recomendo!

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts