Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] Ligue-me Amanhã - Luna Bravin @EditoraBezz

25.10.14

Evelyn mudou-se para os Estados Unidos, aos 17 anos, no último ano de escola, para fazer intercâmbio. Por causa de um garoto e da qualidade de ensino do local, ela nunca mais voltou. Entrou para a mesma faculdade que seu “peguete” e acabaram namorando sério. Ficaram noivos, por três anos, e, antes do último ano da faculdade, eles decidiram casar-se após a formatura. Com 24 anos, vestida de noiva e ansiosa para a cerimônia, Evelyn foi largada, no altar, por James, seu noivo, que fugiu com seu caso amoroso que, na verdade, já existia há três anos.
Desiludida, Evelyn trocou sua passagem, com destino à lua-de-mel, por outra, com rota para seu país. No aeroporto, quando foi tomar um café para despertar, sem querer, acabou trocando seu aparelho de celular com o do homem que havia sentado ao seu lado, na sala de espera.
A partir desse acontecimento, em meio ao tumulto e confusão gerados pelo fim de seu noivado de anos, ela fez o que podia para descobrir quem, da lista de seus contatos, porventura, estava telefonando para o seu celular, ligando para o estranho que ficou com seu aparelho. Mas, o homem, infelizmente, foi para os Estados Unidos, não tendo data para retornar. Dessa maneira, Evelyn terá que, já vivenciando um drama íntimo, ainda reconquistar as amizades que deixou para trás! Mas, em contrapartida, também terá a chance de descobrir que perdas dolorosas podem trazer finais felizes, no fim das contas.

Hoje estou trazendo a resenha bem no dia do lançamento do livro na Amazon. A sinopse dele já diz muita coisa né? Aliás, eu acho que foi um exagero de detalhes, mas enfim...não vou falar muito então para não dar spoiler.

"Evelyn Drummond, vinte e quatro anos,abandonada no altar, traída por três malditos anos." 

Após a traição do noivo, Evelyn retorna ao Brasil e revê a família e amigos que não via há quase 8 anos quando foi morar nos Estados Unidos. Ela largou tudo pelo ex, achou que ele era o homem da sua vida e até ser traída nunca desconfiou de nada.

O tal homem que Evelyn troca de celular no aeroporto, insiste em não dizer o seu nome por isso ela o chama de "Estranho". Já Evelyn saiu em desvantagem total porque, além dele saber o nome dela, tem no celular suas fotos intimas, então a conhece por inteiro, literalmente. 

Começa entre os dois uma linda amizade, mas claro, com conversas recheadas de humor e cantadas eróticas, rola até sexo por telefone em uma delas e te digo: foi bem quente!
“Pare de ver tanto minhas fotos.”
“Impossível. Droga, estou duro de novo.”
“Boa noite, Estranho.”
“Boa noite, Olhos Azuis. Ligue-me amanhã.”
“Ok.”
Todos os dias eles se falam por telefone ou trocam mensagem e Evelyn, além de desabafar a frustração do vexame de ter sido largada no altar e também o ódio que sente pelo ex, conhece a família dele que coincidentemente mora próximo dela. O "Estranho" dá conselhos valiosos e a apoia em tudo que ela resolve fazer para seguir em frente.
"Ah, Olhos Azuis, não me chama assim. Você sabe como eu fico."
"Bobão".
"Deliciosa."
— Ligue-me amanhã, Sr. Estranho e gostoso.
— Pode deixar, tesão da minha vida.
E eu desliguei com um sorriso bêbado e bobo no rosto.
Evelyn deixou para trás um grande amigo, Eduardo, quando foi fazer o intercambio nos Estados Unidos. Descobre que este era louco por ela e que ficou muito mal com sua partida. Ele morreu sem ter a chance de se declarar e com isso, Evelyn ao ler as cartas deixadas por ele, tem nas mãos uma missão designada somente a ela.

Com as amigas, parte em uma viagem para realizar o último desejo de Eduardo. As conversas com o "Estranho" continuam e em uma destas conversas até sua vida é salva.
"Eu gosto de você, Estranho. Eu gosto mesmo. Você me ajudou quando eu mais precisei. Você me colocou para cima. Você me apoiou. Mas... Meu coração sempre terá um lugar especial para o Eduardo."
O que mais me prendeu no livro foi a curiosidade: quem é este tal "Estranho"? não quer dizer o nome até encontra-la pessoalmente?... humm...aí tem coisa.
"— Acerte logo suas coisas. — Você também, Ev. Acerte sua vida. Quando eu voltar, vou querer muito sexo e pouca ladainha.— Você é um baita tarado.— Que bom que já me conhece."
Não conhecia a autora e estou simplesmente encantada com a escrita dela. A Luna soube segurar o suspense até o final e o enredo tem muito erotismo do jeito que eu gosto. Terminei de ler agora e vim correndo contar para vocês! Amei!!

Leia e Ligue-me Amanhã para dizer o que achou..haha



Comentários
2 Comentários

2 comentários

  1. O livro é simplesmente lindo e a autora é de uma sensibilidade e talento, que dá gosto de ler e viajar por cada cantinho que a estória nos leva. Parabéns luna, sucesso sempre e parabéns ao blog Meu vicio em livros (Diana Medeiros) pela linda resenha. :D

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Não conhecia o livro e como sempre suas resenhas me despertam super interesse em ler os livros, uma pena que ainda não tenho muito costume de ler em ebook.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts