Lançamentos

Ver mais...

Resenhas

Ver mais...

Literatura Nacional

Ver mais...

Variedades

Ver mais...

Adaptações

Ver mais...

Leituras do Mês

Ver mais...

[Resenha] 23 Noites de Prazer - Julianna Costa

16.9.14

[Livro e Resenha recomendados para maiores de 18 anos]

Clique para comprar o seu:  Amazon  Saraiva


Nahia era uma garota tímida, insegura e insatisfeita com o seu trabalho em uma editora. Até conhecer, literalmente, o homem dos seus sonhos. Ao visitá-la durante as noites, Amadeo libertou seus desejos sexuais mais profundos e, desde então, ela teve as experiências mais sensuais, quentes e inusitadas que uma mulher poderia ter! Essas aventuras ardentes a transformarão em uma mulher confiante e deslumbrante, pronta para desafiar todos ao seu redor para fazer a coisa certa e publicar o livro mais cobiçado do momento! 





Nahia é uma mulher comum, gosta da rotina e qualquer coisa que fuja deste padrão a deixa sem rumo. Ela é francesa, vive em Amsterdã e trabalha há anos em uma editora sem ter seu trabalho reconhecido.  Ela não tem uma vida sexual satisfatória desde que seu noivo a traiu e uma noite sonha com uma “alucinação” chamada Amadeo que faz com que ela libere seus desejos mais profundos. 
“Ele cheirava a perfume, suor e sexo. Se todos os homens do mundo tivessem aquele cheiro, as mulheres gozariam no meio da rua.”
A cada noite Amadeo conversa e desafia Nahia fazendo ela repensar seus conceitos, o que quer da vida, o que vai fazer para conseguir e, seus conselhos fazem com que ela viva aventuras que nunca imaginou.
“Isso aqui é Amsterdã. Não é proibido aqui. Nada é proibido aqui. Ou melhor…quase nada.”
Cada capítulo do livro é na verdade uma noite na vida de Nahia e como o próprio título do livro diz são 23 noites de prazer. Prazer mesmo porque o livro inteiro é puramente sexual e erótico.


É como se tivéssemos lendo o diário de Nahia onde ela nos conta toda sua rotina, os problemas no trabalho e o interesse que ela tem no vizinho japonês gostoso chamado Kio.
“Meu pensamento foi de Amadeo para Kio. Se eu estivesse fazendo um show para ele, talvez fosse mais excitante, não? Afinal, sexo com Nick não teria tido metade da graça se meu querido vizinho não estivesse por perto.”
Kio é desenhista de Hentai (animações ou quadrinhos com temáticas eróticas). Completamente à vontade com a sua sexualidade, se torna o amigo e confidente de Nahia dando força para suas atitudes e a acompanhando sempre que possível em suas novas experiências. Claro que a atração entre os dois é inevitável mas ele deixa logo claro o que quer dela.
"Você tem que se divertir com todos esses homens enquanto pode. Porque quando você for minha, vai ser só minha."
Nahia tem então dois conselheiros, Kio e Amadeo, e, em meio a intrigas e inveja de uma funcionária da editora, desfalques, desvio de dinheiro e as noites de sexo intenso, a vida de Nahia nunca mais será a mesma.  Se você procura algo diferente para ler, totalmente fora dos padrões e sem ser previsível eu recomendo a leitura deste. Aqui você deve ter a mente aberta pois apesar de não ser uma escrita vulgar o livro nos mostra os diversos contextos eróticos e os tabus que Nahia tenta quebrar a cada noite para se sentir livre.
 “Se os últimos dias provaram alguma coisa é que eu não tinha mais frescura nem nojo quando o assunto era sexo. Mas, por algum motivo, detestei ser beijada naquela hora.”
Eu me surpreendi porque é uma leitura totalmente diferente da que estou acostumada. Aqui não há um “casal central”, não há romance, é puramente sexo. Ele te faz repensar suas crenças e mudar o que não te faz feliz sem se preocupar com a opinião de ninguém. Ela muda em todos os sentidos, começa a se sentir mais confiante dentro e fora da cama e várias coisas que achava que queria de repente passa a não ser mais importante. Nahia descobre valores e uma realidade totalmente diferente e percebe que gosta disto, ela narra sua estória com toques de humor e faz você pensar: será que eu teria coragem?
“Fiquei quieta aproveitando o momento. O toque era interessante, inusitado e estupidamente sensual. A vulnerabilidade estava me excitando e eu tive que começar a fazer combinações aleatórias de todas as possibilidades de sanduíches do Subway para impedir minha parte íntima de ficar inescapavelmente molhada.”

O final é um pouco surpreendente mas é claro que não vou contar né gente? Leia, tire suas próprias conclusões e comente. 


Comentários
2 Comentários

2 comentários

  1. Agora fiquei curiosa!! A impressão que dá é que ela imagina esses 23 dias... rsrsrsrs... Vou acabar lendo um dia...

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, AMEI 23 Noites de Prazer. Você tem razão é pra quebrar todos os seus preconceitos.

    ResponderExcluir

- Seu comentário estará visível depois de aprovado
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Não forneço livros em PDF, por favor não comente se for para fazer este tipo de solicitação.

No Instagram

Copyright © 2017 Meu Vício em Livros | Todos os direitos reservados | Design e desenvolvimento: J.A Layouts